A internet se tornou praticamente indispensável em casa e no trabalho. Não é à toa que o relacionamento online hoje é uma realidade frequente. Sites, aplicativos e redes sociais para começar a interação não faltam.

Uma pesquisa de 2013 da revista Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS), por exemplo, apontou que dos 19.131 americanos que subiram ao altar entre 2005 e 2012, mais de um terço havia começado sua relação na internet. Entretanto, nem todas as histórias acabam em casamento.

relacionamento online
Não tem nada errado se apaixonar na internet, mas vale ter cuidado. Foto: iStock, Getty Images

Como evitar problemas no relacionamento online

É bem provável que você conheça alguém que já tenha se apaixonado através da internet. Embora às vezes o casal more perto e fique fácil marcar um encontro, essa nem sempre é a realidade e a conversa virtual pode se estender ao longo de meses.

Seja qual for o caso, é importante tomar alguns cuidados. Por mais sincera e amorosa que a pessoa do outro lado da tela pareça, lembre-se de que é importante estar sempre em alerta. Confira as dicas que a equipe do Doutíssima separou.

Deixe suas intenções claras

Uma pesquisa realizada em 2014 pelas universidades de Stanford e Michigan, dos Estados Unidos, entrevistou mais de quatro mil pessoas e apontou que os relacionamentos online demoram mais para se desenvolver, principalmente por conta da logística envolvida.

Mas os cientistas destacam que o que faz a diferença é deixar claro as suas intenções e estar atenta ao que o seu parceiro demonstra. Afinal, sinceridade ainda é a melhor escolha – mesmo na internet.

Seu parceiro é estrangeiro?

O relacionamento virtual é uma realidade para muitas brasileiras e boa parte delas se envolvem com estrangeiros. Mas os diversos relatos de mulheres que se tornaram vítimas de seus parceiros no exterior chamou atenção do Departamento Consular e de Brasileiros no Exterior.

Tenha em mente que é necessário ter pelo menos um idioma em comum com seu parceiro, não depositar todas as suas expectativas nessa relação e estar atenta a qualquer sinal suspeito.

A comodidade de teclar de casa

A comodidade de estar em casa e conversar com alguém pelo computador ou celular pode passar a falsa sensação de que está segura. Cuidado com o que compartilha nas redes sociais. Não divulgue e-mail, telefone e endereço em aplicativos ou sites de relacionamentos para evitar que desconhecidos – e até mesmo criminosos – cheguem até você.

Prefira lugares públicos

O grande dia chegou. Você vai conhecer o seu parceiro virtual. Desconfie se ele preferir lugares mais íntimos. Prefira sempre espaços públicos e com circulação de pessoas, a exemplo de shoppings. Comunique amigos ou familiares sobre o encontro e não o leve para a sua casa até conhecê-lo bem.

Pediu dinheiro? Desconfie

Muitos casos de estelionato já ganharam destaque na mídia. Desconfie se o seu parceiro pedir dinheiro ou seus dados bancários. Lembre-se que existem pessoas mal intencionadas na internet e nem sempre é fácil identificá-las.

A internet pode destruir relacionamentos?

Um estudo de 2014 da Universidade Missouri, dos Estados Unidos, afirma que as redes sociais podem destruir um relacionamento. A pesquisa teve como foco o Twitter e entrevistou 581 usuários da rede.

O levantamento apontou que quanto mais as pessoas acessavam e estavam ativas na rede social, mais brigas eram frequentes no seu relacionamento amoroso. Apesar do estudo ser direcionado à internet, também vale questionar como conduzimos nossas relações hoje em dia.

Será que estamos reproduzindo relacionamentos abusivos? Estamos respeitando a individualidade do outro? Talvez o problema não esteja na internet ou redes sociais, mas no modo como as ferramentas são utilizadas. Vale refletir.

E você, já teve um relacionamento online? Conte para a gente como foi essa experiência, deixe o seu comentário.