[the_ad_group id="16403"]
Guia dos Dentes

Microdontia o anão dos dentes

Por Redação Doutíssima 08/08/2013

micro-7

Ontem falamos sobre o gigante dos dentes, a macrodontia, e hoje vamos conversar sobre o seu oposto, a microdontia.

A microdontia é um distúrbio do desenvolvimento que causa a formação de um dente com tamanho anormal. E pelo que o nome mesmo nos diz, é um dente muito pequeno. Por se tratar de um dente muito menor que o tamanho normal, a microdontia vai causar uma série de problemas na cavidade bucal.

micro-6

 

O que devemos saber sobre a microdontia?

– Normalmente está ligada à síndromes.

– Não é muito comum, assim como a macrodontia, mas tenho tido uma maior chegada de pacientes para tratamento em microdontia do que em macrodontia. Pode acontecer em casos bilateralmente, como nos incisivos laterais ou o mesiodens que nasce entre os incisivos centrais.

micro-3

Quais os problemas que a microdontia pode causar?

– Por ser um dente com uma superfície menor que o normal e normalmente não tão bem formado como os outros, tem uma maior predisposição de que possa vir a ter uma dificuldade de higienização do local.

– Como é algo que se diferencia muito dos outros dentes, pode causar problemas de oclusão que nada mais é do que o encaixe entre os dentes durante os movimentos que a boca realiza (como o de mastigação), bem como as trajetórias que as estruturas da face percorrem para que possa ser feito esses movimentos. Resumindo, ele bagunça tudo.

– É claro o fato de a microdontia comprometer a estética e a harmonia do sorriso.

micro-4

 

O que causa a microdontia?

Infelizmente é mais uma alteração que tem uma causa multifatorial e complexa de ser individualizada. Passa desde fatores genéticos até fatores ambientais.

micro-5

 

Como é tratada a microdontia?

É um tratamento não muito comum e relativamente pouco estudado o que gera um certo desconhecimento mesmo por parte dos dentistas, mas como é mais visto que a macrodontia, já tem um maior número de dentistas que trabalham muito bem com o caso.

O melhor a fazer é procurar um dentista de confiança e fazer os exames pedidos por ele que vai decidir entre algumas opções como:

– Fazer ajustes estéticos no dente, chegando a ser necessário recobrir totalmente o dente com materiais como a resina ou porcelana.

– Realizar ajustes oclusais e manter o dente da melhor forma possível sem precisar arrancar, nem fazer uso de aparatologia ortodôntica (em casos mais simples).

– Utilizar aparelho ortodôntico para corrigir as consequências que esse dente causa.

micro-2

 

Você tem mais chances de encontrar uma microdontia que uma macrodontia mas caso se depare com qualquer uma das alterações dentárias de forma e tamanho, lembre de nossa conversa de hoje.


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]