[the_ad_group id="16401"]
Guia dos Dentes

Dentadura caindo? Saiba o que fazer

Por Redação Doutíssima 27/11/2013

protese9

São vários os pacientes que precisam fazer uso da famosa dentadura. Esse nome popular que ganhou o gosto das grandes massas serve para descrever um acessórios muito usado por várias pessoas, a prótese. Eu adoro quando os pacientes chegam pedindo uma prótese e não uma dentadura ou uma perereca. Um fator que pode acontecer é quando algumas próteses estão um pouco mal adaptadas e com isso, a famosa dentadura caindo pode incomodar bastante o dia-a-dia do paciente.

M2081S-1029

As próteses que mais causam esse problema são as próteses parciais removíveis que alguns conhecem como PPR que nada mais é do que uma prótese usada no paciente que não tem alguns dentes e a prótese total que é a prótese colocada no paciente completamente sem dentes. Esses dois tipos de próteses dependem da mucosa e de outros dentes para se fixar na boca da melhor forma possível e o dentista pode fazer retenções que ajudam bastante em alguns casos.

protese3

São diversos os motivos para acontecer o problema da dentadura caindo e a maioria deles está ligada a uma falta de cuidado do paciente. Os casos mais comuns são:

– Pacientes que utilizam as próteses por vários anos e não retornam ao dentista para manutenção ou mesmo necessidade de colocar uma prótese nova. Nesses casos, o paciente começa a ter dificuldade para comer, falar ou mesmo ficar com a prótese na boca. É muito provável alguns ferimentos também.

– Outra condição que acontece bastante é quando o paciente acaba de colocar uma prótese nova e não faz o acompanhamento ideal com o dentista. No começo é normal sentir dores ou mesmo ter ferimentos mas o dentista precisa estar perto para identificar os ferimentos que são relativamente normais devido uma fase de adaptação ou os ferimentos que são perigosos e precisam ser corrigidos imediatamente para que o paciente possa continuar utilizado a prótese.

– Em alguns casos ocorre uma queda ou algum trauma que danifique a estrutura da prótese e isso vai desadaptar a prótese e causar uma série de problemas. Não vou nem comentar sobre os pacientes que chegam com a prótese colada com super bonder. Sempre existem os pacientes que adoram mexer por conta própria nas próteses e quase 100% dos casos acaba com consequências ruins para o paciente e muitos acabam perdendo a prótese e sofrendo problemas bucais.

protese7

O que posso aconselhar é:

– Próteses podem durar 10 ou 20 anos mas isso não é o ideal. Por melhor que seja o material da prótese, ela precisa ser verificada pelo dentista e normalmente existem várias modificações que acontecem ao longo do tempo e podem prejudicar o paciente. Recomendo troca de prótese a cada 5 anos aos meus pacientes e consultas com no máximo distância de 1 ano. É claro que próteses em porcelana tem uma vida útil bem maior e normalmente podem ser usadas por mais tempo.

protese6

– Consultas regulares ao dentista vão evitar problemas como o da dentadura caindo ou ferindo. A prótese não está ali só para ficar bonitinha, ela tem uma série de funções que precisam ser efetivadas.


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]