[the_ad_group id="16403"]
Guia dos Dentes

Descobrindo os segredos do protocolo dental

Por Redação Doutíssima 04/12/2013

prot-3

O grande vilão de muitos pacientes que infelizmente perderam todos os seus dentes de uma arcada, é a prótese que os pacientes usam para substituir esses dentes artificialmente e poder continuar com suas vidas normais, seja do ponto de vista estético e de relacionamento social ou do ponto de vista funcional e ligado à mastigação ou preservação da integridade de estruturas faciais. Essa prótese é chamada de prótese total ou PT mas é carinhosamente chamada por muitos de dentadura ou perereca devido viver caindo ou “pulando” da boca. Para resolver o desconforto que essas próteses causam, foi criado um sistema chamado de protocolo que é a prótese total associada ao sistema de implantes.

Existe alguma variedade no processo de colocação dessa prótese total sobre implantes e vai haver uma variação de quantidade de implantes utilizados, necessidade ou não de enxertos ósseos, tamanho e forma dos dentes a serem colocados, características do osso do paciente bem como o posicionamento desse osso, dentre outros aspectos a serem analisados. Devido todos esses pontos a se avaliar, é obrigatório o uso de exames bem completos como exames sanguíneos para a parte cirúrgica e exames radiológicos como radiografias ou tomografias.

prot-4

Após a realização dos exames e um diagnóstico do problema e das necessidades do paciente, o dentista poderá escolher às características do protocolo a ser utilizado. Por protocolo podemos entender a instalação de uma certa quantidade de implantes que vão fixar uma prótese total no osso do paciente. Esse sistema é parafusado e pode ser removido pelo dentista. Os parafusos ficam completamente escondidos e isso faz com que o protocolo se torne extremamente estético.

prot-2

São próteses diferenciadas e muito diferentes das dentaduras convencionais. Com dentes feitos com porcelana e diferentes tipos de materiais para a confecção da estrutura. A resistência é muito boa e a estética muito próxima dos dentes naturais. Os protocolos retornam ao paciente não só a estética necessária para um bom relacionamento social mas também as funções que haviam sido perdidas por acometimento de exodontias diversas sofridas ao longo da vida do paciente, devido diversos problemas como traumas ou falta de cuidados por parte do paciente.

prot-1

Em casos mais complexos como a colocação de um protocolo, normalmente, é necessário uma equipe de dentistas para poder realizar todas as fases necessárias. O implantodontista é responsável pela instalação dos implantes e o protesista realiza a colocação da prótese sobre o implante. O periodontista pode ser necessário para verificar e resolver problemas nas gengivas ou no osso bem como as diversas especialidades podem ser requeridas.


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]