[the_ad_group id="16403"]
Dieta

Os benefícios e riscos da cafeína no esporte

Por Redação Doutíssima 13/02/2014

cafeína

Suplementos à base de ervas que prometem energia, vitalidade e emagrecimento, certamente conterão cafeína, a substância mais popularmente utilizada para essas finalidades. As maiores fontes de cafeína são o guaraná, o café, o chá verde e o branco. Por ser estimulante do sistema nervoso central, a cafeína causa esse efeito no organismo: faz com que ele trabalhe com mais afinco na hora de acelerar seu metabolismo e oxidar gorduras. Acelera batimentos cardíacos e aumenta frequência respiratória, o que deixa o indivíduo mais acelerado e bem disposto.

Benefícios

De forma geral, a cafeína ajuda a diminuir a fadiga, o cansaço/preguiça, estimular o sistema nervoso central, aumentar mobilização e queima de gordura, melhorar a contratilidade muscular e diminuir a percepção do esforço (o indivíduo fica mais resistente);

Riscos

A cafeína pode causar efeitos colaterais em pessoas mais sensíveis, que são: insônia, dor de cabeça, irritação no estômago e intestino e efeito diurético. Em doses muito elevadas, pode causar desidratação, diarreia, tremores e prejuízos na coordenação;

Usando a cafeína a seu favor

O pico da cafeína se dá 1 hora após sua ingestão (ou seja, tomar de 50 -60 minutos antes do exercício), e as doses variam de 1 a 5mg por quilo de peso. O ideal é começar com uma dose pequena e aumentar aos poucos. Não é indicado ultrapassar 6mg por kg/dia. Leia o rótulo dos produtos ou tome em cápsulas para ter noção das quantidades ingeridas.

ATENÇÃO!

Não tome cafeína se você:

  • For hipertenso (pressão arterial alta);
  • Tiver algum distúrbio cardíaco (arritmia, má-formação, etc.);
  • For ansioso demais;
  • Tiver insônia;
  • For agitado ou muito preocupado;
  • Tiver úlcera ou gastrite;
  • Tiver anemia instalada ou pré-disposição para (a cafeína diminui absorção de ferro).

 

REFERÊNCIAS:

KLEINER, Susan M.; GREENWOOD-ROBINSON, Maggie. Nutrição para o treinamento de força. São Paulo. Editora Manole, 2002.

BIESEK, Simone; GUERRA, Isabela, ALVES, Letícia Azen. Estratégias de nutrição e suplementação no esporte. Editora Manole, 2005.

MAUGHAN, Ronald J.; BURKE, Louise M. Nutrição esportiva. Editora Artmed, 2004.

 

Saiba mais:

Alimentação pré-treino: atleta explica o que comer antes de malhar

Batata doce: fonte de energia para prática esportiva

Dicas de treino de musculação para iniciantes

Saiba tudo sobre o ballet fitness e malhe com classe

Saiba mais sobre exercícios durante a gestação


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]