[the_ad_group id="16403"]
Cabelos

Fios fracos e quebradiços? Confira 6 dicas para cabelos com química

Por Redação Doutíssima 09/06/2014

Coloração, descoloração, alisamento, tintura, escovas… São muitas as opções de procedimentos químicos que visam dar uma nova vida e mais cor aos cabelos. Toda mulher sai do salão de beleza com a autoestima renovada, mas ciente de um desafio: terá trabalho na manutenção do visual, muitas vezes recorrendo a dicas para cabelos com química.

Cabelo tratado com algum tipo de química exige manutenção constante da mulher. Foto: Shutterstock

Cabelo tratado com algum tipo de química exige manutenção constante. Foto: Shutterstock

Ter acesso a dicas para cabelos com química é fundamental para conservar o aspecto estético dos fios, considerando que todo o tratamento químico no cabelo, por menos agressivo que ele seja, modifica a sua estrutura, podendo resultar em fios fracos e quebradiços.

6 dicas para cabelos com química

O tratamento começa no centro de estética, ou salão de beleza, mas não acaba nele. Vários são os cuidados que toda mulher deve ter para conservar a química por mais tempo nos fios. Para isso, nada melhor do que contar com dicas para cabelos com química, não é mesmo?

Confira a nossa relação de 6 dicas para cabelos com química e mantenha o novo visual por mais tempo, com aspecto de bonito e bem tratado, sem prejuízos aos seus fios.

 

Dicas para cabelos com química

 

  1. A primeira das dicas para cabelos com química é: se for clarear as madeixas, vá passo por passo e não pule etapas. Comece com um reflexo, luzes e vá aumentando o clareamento a cada nova sessão. Dessa forma, você garante o aspecto natural dos fios;
  2. Caso você tenha submetido seu cabelo a um procedimento como escova progressiva ou um relaxamento de cachos, é natural que os fios apresentem aspecto quebradiço. Nestes casos, é mais do que importante realizar uma hidratação constante, preferencialmente todas as semanas;
  3. Se você optar por tingir o cabelo, faça um teste primeiro na pele, antes de aplicar a tintura sobre os fios. Caso as suas madeixas já tenham algum tipo de química, é possível que a coloração não pegue e, ainda, danifique os fios. É comum a química das tintas não combinar com a química das escovas progressivas, por exemplo. Procure também não abusar da tintura, que só deve ser aplicada uma vez por mês e retocada apenas na área onde o cabelo cresceu;
  4. Uma das mais importantes dicas para cabelos com química é: fuja totalmente do formol. Nunca deixe que apliquem produtos com formol nos seus fios, pois os danos são irreversíveis e nem os resultados justificam a escolha, pois o aspecto liso se perde em pouco tempo. Isso sem falar no risco de alergia ao produto;
  5. Se você está em dúvida entre um relaxamento e uma escova definitiva, pare e pense: a química utilizada nos dois procedimentos é, basicamente, a mesma. O resultado irá depender do gosto do cliente, lembrando que o relaxamento suaviza as ondas, enquanto a escova definitiva irá alisar os fios;
  6. Por fim, encerrando a nossa série de dicas para cabelos com química, sevocê aprovou o novo visual, não poupe esforços (nem recursos) para mantê-lo. A dica para muitos dos procedimentos, como a coloração, é utilizar linhas completas que protegem o novo aspecto do cabelo e, ainda, o mantém hidratado.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!

 

Saiba mais

 

15 Penteados de cabelos presos para combater o calor

O segredo dos cabelos de Kim Kardashian

7 cortes de cabelo para rosto oval

Dê adeus aos cabelos volumosos com esses truques

Dicas para fazer o babyliss em casa

6 Cuidados especiais para cabelos longos


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]