[the_ad_group id="16401"]
Medicina Alternativa

Aromaterapia utiliza o poder das plantas para cuidar da saúde

Por Redação Doutíssima 28/06/2014

Sabe-se que os cheiros podem atuar em áreas relacionadas aos sentimentos, e têm o poder de reativar memórias e trazer à tona recordações do passado. A aromaterapia emprega princípios ativos de plantas medicinais aromáticas para equilibrar o corpo e a mente.

Indicações da aromaterapia

A aromaterapia é uma alternativa de tratamento para quem apresenta sinais de estresse, ajudando a amenizar sintomas como ansiedade, irritabilidade, taquicardia, depressão, redução da libido, dificuldade de concentração e distúrbios no apetite.

aromaterapia

Aromaterapia é alternativa de tratamento para quem apresenta sinais de estresse. Foto: Shutterstock

A técnica da aromaterapia é eficaz, pois o nariz funciona como uma espécie de porta para o cérebro. Ao sentir um aroma, ele transmite informações ao bulbo-olfatório, que as envia ao sistema límbico, responsável por emoções e comportamentos. Ao chegar a esse local, o cheiro começa a agir, e ocorre frequentemente em menos de três segundos.

Por isso é que a aromaterapia costuma trazer respostas imediatas ao organismo. Importante ressaltar que as plantas tem papel fundamental no preparo destes óleos essenciais da aromaterapia.

Uso de óleos na aromaterapia

Durante a aromaterapia são utilizados óleos essenciais, vegetais e essências sintéticas. Os óleos essenciais são aromas destilados e retirados da natureza, agindo terapeuticamente e desempenhando uma função na memória olfativa do paciente.

Já os óleos vegetais geralmente são usados para diluir e suavizar os óleos essenciais. Enquanto que as essências sintéticas imitam as naturais, e podem causar bem-estar, porém, não servem como tratamento. Ao inalar determinada essência, os resultados poderão ser sentidos de imediato, mas não em longo prazo. Esses óleos podem ser aplicados de diversas formas, seja por inalação, massagem, ou compressa.

Tanto faz se os líquidos são colocados em lenços e inalados, incluídos na fórmula de sabonetes, usados em massagens ou ainda espirrados no ambiente. Uma das únicas restrições é quanto à aplicação direta na pele: não pode!

Como usar a aromaterapia

– Você pode usar a aromaterapia por difusão, ao dispor de um difusor próprio ou um spray para aromatizar ambientes;

– Através da inalação, quando a essência é colocada em um inalador, junto com a água;

– Em banhos, momento em que os óleos essenciais podem ser misturados com água quente;

– Durante o escalda-pés, apenas para relaxamento.

Aromaterapia é saúde

Quando se trata de usufruir da aromaterapia para diminuir os sintomas gerais do estresse e melhorar a sua qualidade de vida e a saúde de um modo geral, temos algumas dicas:

1. Acrescente cinco gotas de óleo essencial de cedro, três gotas de óleo essencial de alecrim e três gotas de óleo essencial de palmarosa a dois litros de água;

2. Borrife a mistura pela casa e procure relaxar. Caso seu problemas seja relacionado a insônia, a aromaterapia sugere que a mistura seja preparada com óleo essencial de lavanda, e que se massageie a base dos pés com duas gotas de manjerona;

3. Para se acalmar, indica-se usar a camomila, o jasmim, a lavanda, citronela, palmarosa, bergamota, tangerina ou o pau rosa;

4. A fim de obter mais energia, sugere-se a pimenta negra, hortelã pimenta, carda, momo, cravo, canela, hortelã do Brasil, tomilho, gengibre e manjericão;

5. Para usar a aromaterapia com o objetivo de aumentar a libido, deve-se usar a Patchouli, rosa, ylang-ylang, jasmim, gerânio e cardamomo;

6. Quanto a problemas com depressão, use o gerânio, petitgrain, tangerina, tomilho, bergamota, olíbano, sálvia, esclareia e rosa;

7. Para facilitar a respiração, recomenda-se cipestre, eucalipto glóbulos, hortelã pimenta, tea tree e hortelã do Brasil.

 

 

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!

 

Saiba mais:

7 Coisas que você precisa saber sobre as plantas medicinais

Conheça remédios caseiros que são aprovados em pesquisas científicas

Benefícios da acupuntura: você dá a devida importância à sua respiração na sua rotina

Acupuntura é um ramo tradicional da medicina chinesa

5 Hábitos para uma vida saudável

8 Dicas para uma vida saudável com uma dieta melhor e mais nutritiva

Remédios caseiros e medicina alternativa: conheça o poder das plantas que curam


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]