[the_ad_group id="16401"]
Estética

Adeus, marquinhas! Como remover as estrias da gravidez em 4 passos

Por Redação Doutíssima 15/09/2014

A gravidez é um momento único na vida de uma mulher. A sua pele fica mais bonita, seu cabelo mais brilhante, mas também pode gerar ganho de peso, inchaço, varizes e manchas na pele. Devido a estes fatores, muitas mulheres experimentam talvez as mais temidas marcas da gravidez: as estrias. Você sabe como remover as estrias da gravidez?

Aprenda como remover as estrias da gravidez

As estrias se formam quando a derme – camada intermediária que mantém a forma e a elasticidade da pele – é esticada mais do que ela pode tolerar. Assim, as fibras conjuntivas na pele, eventualmente, podem se romper, interrompendo a produção de colágeno e causando cicatrizes, que são as estrias.

como-remover-as-estrias-da-gravidez

Estrias surgem na gravidez em razão do ganho de peso, mas podem ser combatidas. Foto: Shutterstock

É possível impedir que as estrias apareçam, mantendo a pele hidratada e uma dieta saudável. Mas se elas apareceram, existem alguns métodos que ensinam como remover as estrias da gravidez que podem ajudar. Veja a seguir quais são eles.

Como remover as estrias da gravidez em 4 tratamentos

1. Tratamento tópicos

Os tratamentos tópicos que revelam como remover as estrias da gravidez incluem cremes, loções, aliados com recomendações para dieta e exercício físico regular. Há uma grande variedade de produtos disponíveis no mercado para promover a elasticidade natural da pele.

No entanto, estes métodos não produzem resultados satisfatórios para muitas pessoas. Nestes casos, o tratamento médico pode ser a única opção eficaz. Estes tratamentos geralmente são menos caros do que outros procedimentos, porque eles não são invasivos e sua utilização não requer visitas a uma clínica ou spa.

2. Peelings químicos

Os peelings químicos são muito usados no rosto para tratar rugas e manchas da idade, mas também podem ser usados em outras áreas do corpo para remoção de estrias.

Neste procedimento, uma solução química é aplicada na pele e os tipos de produtos que nela se encontram variam de acordo com as necessidades do paciente. Essa solução essencialmente remove as camadas de pele danificadas e ativa a produção de novas células.

Os pacientes podem sentir uma sensação de ardor ou queimadura durante o tratamento. O período de recuperação depende do tipo de pele do paciente e, geralmente, são necessárias várias sessões para a obtenção de resultados satisfatórios.

É importante ter em mente que um peeling químico não remove completamente as estrias, mas é considerado um ótimo método para aprender como remover as estrias da gravidez, já que melhoram a textura da pele.

3. Microdermoabrasão

A microdermoabrasão, assim como os peelings químicos, podem ajudar você a entender como remover as estrias da gravidez, pois melhoram a aparência da pele através da remoção das camadas superiores da pele.

Os peelings químicos alcançam este objetivo usando produtos para “queimar” a camada superior, enquanto a microdermoabrasão usa um spray fino com cristais para remover as camadas mais externas da pele.

As células mortas são removidas e novas células saudáveis surgem, com uma maior produção de colágeno e elastina, dois componentes vitais uma aparência suave e jovem da pele.

A microdermoabrasão é um procedimento indolor e envolve pouco tempo de recuperação. Tenha em mente que, apesar de ela poder melhorar a aparência de cicatrizes, não é um meio eficaz se você busca descobrir como remover as estrias da gravidez por completo.

4. Remoção a laser

Se os outros tipos de tratamento não ajudaram, você pode aprender como remover as estrias da gravidez através de um tratamento com laser. Durante o procedimento de remoção de estrias a laser, um feixe de luz remove finas camadas de pele em torno das estrias.

Uma vez que a remoção de estrias a laser é completa, a área tratada vai se regenerar rapidamente e novas camadas de pele saudável irão se formar. Assim, é possível ter uma melhora significativa na aparência das estrias.

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]