[the_ad_group id="16403"]
Sexualidade

Descubra como diferenciar um orgasmo falso de um verdadeiro

Por Redação Doutíssima 27/09/2014

Você sabe como diferenciar um orgasmo falso de um verdadeiro? Pelo jeito, a resposta é muito mais complicada do que os homens pensam.

como-diferenciar-um-orgasmo-falso-de-um-verdadeiro

Saiba como ver a diferença entre os dois casos na hora do sexo. Foto: Shutterstock

Um estudo sobre o sexo realizado pela Universidade de Indiana, nos Estados Unidos, mostrou que enquanto 85% dos homens dizem que a sua última parceira sexual teve um orgasmo, apenas 64% das mulheres dizem que de fato chegaram ao clímax na última vez em que tiveram relações sexuais. Será que 21% das mulheres entrevistadas estariam fingindo ter orgasmos?

Por que saber como diferenciar um orgasmo falso de um verdadeiro

Diferente dos homens, que possuem a ejaculação, o ato de fingir um orgasmo pode não ser algo tão difícil para a maioria das mulheres. Você deve estar se perguntando porque elas precisam fingir, mas isso pode ser explicado de uma forma bem simples.

Assim como ter prazer é importante, a mulher também quer que seu parceiro sinta prazer, e nada é mais prazeroso para o homem do que a sensação de saber que conseguiu levar a sua parceira ao clímax. Se você realmente quer saber como diferenciar um orgasmo falso de um verdadeiro, confira alguns sinais.

Como reconhecer um orgasmo verdadeiro

A melhor maneira de saber como diferenciar um orgasmo falso de um verdadeiro é reconhecendo os sinais de um orgasmo real. Sinais de excitação se tornam visíveis ao longo do processo de resposta sexual, especialmente durante a fase do pré-orgasmo.

Então, quais são esses sinais? Para reconhecer, preste atenção nos seguintes fatores na sua parceira:

– Aumento no ritmo de sua respiração

– Aumento da temperatura corporal e da frequência cardíaca

– Alto estado de tensão em seus músculos

– Contração dos músculos abdominais

– Pequenas palpitações em seus músculos da região pélvica.

Como a mulher libera a tensão sexual através do orgasmo, a vagina vai se contrair, em média, de 10 a 15 vezes. Os músculos de todo o corpo dela vão se contrair, causando um ligeiro espasmo.

Isto é especialmente visível em seu abdômen e trata-se de uma das melhores formas de como diferenciar um orgasmo falso de um verdadeiro.

Mas e se ela estiver fingindo?

Vamos ser honestos: Orgasmos genuínos nem sempre são sexy no sentido tradicional da palavra. Pessoas em vias de êxtase contorcem seus rostos de forma estranha e fazem sons embaraçosos. Por isso, se as suas expressões e suspiros parecem na medida e harmonizados, ela provavelmente só está dando e proporcionando o show que você quer ver.

A maioria das mulheres sabe que não precisa se preocupar retratando um orgasmo muito verossímil, mas pode oferecer uma performance inspirada nos filmes pornôs.

Por isso, se ela começa a gritar e se contorcer de forma descontrolada durante o ato, e você está se perguntando como conseguiu fazer uma mulher tão feliz, analise os sinais que mostram como diferenciar um orgasmo falso de um verdadeiro.

Além disso, sexo com orgasmo exige muito da pessoa. Por isso, se ela não está respirando com dificuldade ou apenas deitada ali por alguns instantes, tentando se recuperar, é provável que ela fingiu.

Durante o clímax, as mulheres recebem lotes de ocitocina e endorfinas, mas essa taxa cai logo em seguida. Por isso, se ela é capaz de levantar-se e vestir suas roupas, sem hesitação, pode ser outro sinal.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]