[the_ad_group id="16403"]
Remédios Caseiros

Trate as picadas de insetos com remédios caseiros e simples

Por Redação Doutíssima 15/10/2014

Estima-se que, para cada ser humano no planeta, existam 200 milhões de insetos. Considerando esse dado, podemos afirmar que, durante a nossa vida, é inevitável que soframos algumas picadas de insetos. Boa parte deles é inofensivo, mas alguns podem desencadear alguma reação alérgica e outras complicações, demandando uma maior atenção.

picada-de-insetos

Picadas de insetos provocam reações alérgicas e até infecções. Foto: iStock, Getty Images

Cuidado com as picadas de insetos

Estamos sujeito a picadas de insetos não apenas em meio à natureza, mas também nas cidades. Normalmente, os bichos não são agressivos, apenas se defendem – podem interpretar um movimento seu como perigoso e picar. Insetos como abelhas, vespas, formigas, pulgas e mosquitos; e aracnídeos como a aranha eo escorpião, estão entre os artrópodes – um dos filos de animais invertebrados – que mais comumente atacam as pessoas.

O contato inicial pode ser doloroso, e muitas vezes é seguido por uma reação alérgica ao veneno depositado em sua pele, através da boca ou ferrão do inseto. A maioria das mordidas e picadas de insetos causam nada mais do que um pequeno desconforto, mas algumas delas podem ser fatais, especialmente se você tem alergias severas com o veneno do inseto.

Tome cuidado e, sempre que for para um local com grande presença de insetos, passe um produto repelente. Os locais que sofreram picadas de insetos, se não bem tratados, podem dar origem a infecções. Por isso, não descuide se você foi atacado por um bicho peçonhento. Várias soluções simples e caseiras podem ser usadas para amenizar a dor da picada.

Remédios caseiros para picadas de insetos

Mel

O uso do mel para o tratamento de feridas de pele e também para prevenir a infecção é muito antigo. Recentemente foi descoberto que o mel é eficaz no tratamento de infecções de feridas crônicas, de acordo com um estudo realizado em 2014, por pesquisadores da Inglaterra. Isso porque ele possui propriedades antibacterianas.

Portanto, para curar as picadas de insetos, aplique mel no local e logo você sentirá o alívio. Mas se a picada for de abelha, antes de qualquer tratamento, remova o ferrão, lave a área afetada com água e sabão e aplique gelo por 10 minutos. Depois disso, passe o mel.

Açúcar

Há muito tempo o açúcar é conhecido como um ótimo ingrediente caseiro para tratar uma picada de inseto ou outro tipo de lesão na pele. Um estudo realizado pela Universidade de Wolverhampton, no Reino Unido, revela que o açúcar ajuda no tratamento de feridas e úlceras, facilitando a cicatrização e reduzindo a dor. Ele é um poderoso antibiótico natural, que evita que a área fique infectada. Basta aplicar o açúcar logo depois de higienizar o local.

Limão

Outro remédio popular para aliviar picadas de insetos é usar uma fatia de limão diretamente na pele. O limão é universalmente reconhecido pelo seu potencial antibacteriano. Ele é usado para desinfetar, também, cortes e feridas, aliviar erupções e combater a acne. Em suma, é um bom aliada para neutralizar a maior parte dos desconfortos da pele.

Banana

Na Índia e no Japão, é muito popular o uso da banana para tratar picadas de insetos. Quando a sua polpa fica em contato com a área infectada, proporciona alívio imediato e acelera o processo de cura. Pesquisadores acreditam que é possível ter efeitos positivos até mesmo com a casca da fruta. Eles argumentam que o seu poder é superior, em alguns casos, aos cremes medicinais.

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]