Os benefícios do chá verde já foram tema de diferentes estudos ao redor do globo. Um dos mais recentes, conduzido em 2014 pela Universidade de Basel, na Suíça, sugere que a erva medicinal melhora as funções cognitivas. Ou seja: a bebida ajudaria a proteger o cérebro de doenças como o Mal de Alzheimer.

O estudo suíço envolveu voluntários que consumiram 27,5 g de chá verde antes de passarem por testes de memória, sendo monitorados por aparelhos de ressonância magnética. No final, os pesquisadores conseguiram relacionar o consumo da bebida com a melhoria das atividades cerebrais. Mas os benefícios da erva vão muito além das capacidades cognitivas.

beneficios-do-cha-verde-doutissima-istock-getty-images
Chá verde é muito conhecido mundialmente como um poderoso aliado das dietas. Foto: iStock, Getty Images

 

Entenda as vantagens do chá verde

O chá verde é muito conhecido como um poderoso aliado das dietas. Por conter substâncias como cafeína e flavonoides, ele atua de maneira termogênica no organismo. Em outras palavras, acelera o metabolismo e a queima de gorduras. Além disso, contribui para aumentar a sensação de saciedade ao longo do dia.

Segundo a nutricionista Paula Castilho, há também um outro componente recém descoberto pela ciência no chá, chamado de epigalocatequina, que atua diretamente sobre o controle do estoque de gordura no organismo. “Essa substância ativa um receptor responsável pela quebra de gordura”, explica.

Assim, de acordo com Paula, o chá pode ser um importante componente na reeducação alimentar de quem luta contra os ponteiros da balança. “Além de prevenir o entupimento das artérias e as doenças cardiovasculares”, ressalta. Há, ainda, os benefícios relacionados aos antioxidantes presentes na bebida.

As propriedades antioxidantes desaceleram a degeneração celular. Isso faz com que o chá verde auxilie na prevenção do envelhecimento precoce da pele e de diferentes tipos de câncer. Um estudo do publicado pelo The American Journal of Nutrition cita, ainda, a redução do colesterol ruim, o LDL, como um dos benefícios terapêuticos do chá.

É importante considerar, também, as vantagens proporcionadas pela vitamina C presente na bebida. Ela contribui para manter o organismo protegido de doenças. “O chá conserva propriedades antibacterianas, preservando a saúde do fígado e do trato gastrointestinal”, aponta Paula.

Como consumir chá verde?

Para usufruir plenamente dos benefícios do chá verde, é necessário consumir a bebida em quantidades adequadas. Um adulto deve beber, no máximo, duas xícaras ou 300 ml por dia.  Além disso, é necessário pontuar que a erva não é indicada para crianças, gestantes, pacientes com hipertensão, glaucoma e irritações gástricas.

 

A contraindicação está relacionada ao fato da bebida conter altas quantidades de cafeína e propriedades diuréticas. Quem aposta na erva para o emagrecimento também precisa ter cuidado com os exageros. Em altas quantidades, ela pode ocasionar taquicardia, insônia e alergias.

Quem não aprecia o chá pelo gosto amargo, tem a opção de consumir a erva combinada com frutas. “É possível usar a bebida com suco de abacaxi, melancia, limão, melão ou maçã. É uma forma de atenuar o sabor acentuado”, sugere a nutricionista.

Segundo ela, a melhor forma de consumir a erva é fazendo uma infusão com folhas. Basta aquecer a água até que esteja próxima do ponto de fervura e acrescentar duas colheres de sopa de chá verde seco. Depois, é preciso tampar e deixar descansar por cinco minutos. Por fim, basta coar e estará pronta para ingestão e para aproveitar os benefícios do chá verde.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar! 


DEIXE UMA RESPOSTA