Medicina Alternativa

Extrato de própolis é remédio natural com várias indicações

Por Redação Doutíssima 28/10/2014

Produzida pelas abelhas com elementos da natureza para proteger a colmeia de fungos e bactérias, a própolis é um remédio natural para diversos tipos de doenças. O extrato de própolis é produzido com a substância extraída da colmeia, preservando suas características.

extrato-de-propolis

Substância produzida pelas abelhas ajuda a combater doenças. Foto: iStock, Getty Images

Sua fórmula é rica em flavonoides, polifenois e óleos essenciais, que são antioxidantes naturais. A própolis tem 500 vezes mais bioflavonoides que a laranja, o que aumenta a força do sistema imunológico contra infecções.

 

O nome própolis vem do grego e significa “defensor da cidade”, em referência ao esforço das abelhas em proteger suas colmeias.  Tem ainda função nutritiva e antiflamatória. Possui ainda grande concentração de minerais, como ferro, zinco, bromo, magnésio, silício e cálcio, que respondem pela ação antibiótica do extrato de própolis.

 

As propriedades terapêuticas do extrato de própolis são excelentes para diferentes doenças de fundo alérgico do aparelho respiratório, como rinites, sinusites, asma e bronquite. Tem efeito broncodilatador e analgésico.

 

Ainda é boa para gripes, dores de garganta, queimaduras e acne, por ter efeito cicatrizante. Para todos os problemas, os benefícios são sentidos pelo uso contínuo e não pelo excesso na dosagem.

 

Composição do extrato de própolis

 

A flora e o clima de cada localidade são os responsáveis pelo tipo de própolis produzido. Cerca de 55% da composição da própolis é de resinas vegetais, 30% cera de abelhas, 5% de pólen e até 10% de óleos essenciais.

 

Por sua fórmula variada, já foram detectados mais de 250 componentes e 50 princípios biologicamente ativos. Sua composição é muito rica e, além dos óleos essenciais, possui minerais (mais de 20), bálsamos, resinas, vitaminas, 7 aminoácidos e mais de 50 grupos de flavonoides.

 

O extrato de própolis possui mais de 20 propriedades já estudadas, entre as principais de ação: ação antibacteriana, anti-parasitária, anti-inflamatória, antioxidante, anti-tóxicos, alérgicos, desodorante e termoestabilizador.

 

Como utilizar o extrato de própolis

 

Há uma gama grande de produtos feitos a partir da própolis. Mas a apresentação mais comum é na forma líquida. Para adultos, geralmente a indicação é de 20 a 40 gotas diluídas em um copo com água, 3 vezes ao dia. Crianças maiores de 1 ano podem tomar uma gota por ano de idade. Menores de um ano não devem consumir o produto.

 

Também é possível utilizar o extrato para enriquecer um bom mel, misturando na proporção de 95% de mel para 5% de extrato. Cada colher de sopa rasa corresponde a uma dose. A mistura é mais agradável a crianças e idosos e também pode ser utilizada em chás e sucos.

 

O extrato puro pode ser utilizado como cicatrizante e antisséptico em cortes e feridas, ou misturado a um pouco de água no caso de mucosas. O extrato em versão creme ou gel é uma boa opção para aplicação em micoses, acne, manchas, picadas de insetos, assaduras e verrugas.

 

Como em outros produtos, a validade deve ser observada e respeitada. Não há contraindicações, a não ser em caso de pessoas com hipersensibilidade aos seus componentes. Seu uso não deve ser feito por longos períodos ininterruptos. O frasco deve ser mantido em local fresco, sem exposição à luz solar.

 


Sites parceiros