Sexualidade

Quando o sexo dói: descubra 5 causas para o problema

Por Redação Doutíssima 03/11/2014

O sexo deve ser prazeroso tanto para o homem quanto para a mulher. Por isso, qualquer desconforto é sinal de que algo está errado. Há muitas causas possíveis para as relações sexuais dolorosas, incluindo alterações hormonais, condições médicas como doenças de pele e problemas emocionais, como ansiedade e depressão. Por isso, se, para você, o sexo dói, é preciso encontrar a causa para buscar o tratamento adequado.

sexo-dói

A dor durante as relações sexuais pode ter vários motivos e tratamentos. Foto: iStock, Getty Images

Descubra por que o sexo dói

Este problema pode acabar com o desejo e o prazer sexual e piorar a qualidade de vida de uma mulher. Se você sente dor durante a penetração, veja se existem outros sintomas associados, como algo diferente em sua vagina, como vermelhidão ou alguma inflamação, ou se você possui a lubrificação necessária.

Caso não encontre nenhuma explicação e ainda sinta que o sexo dói, é importante buscar auxílio médico, para que ele possa verificar com exatidão o problema. Veja quais são as causas mais comuns da dor durante o sexo.

Veja os motivos mais comuns quando o sexo dói

1. Falta de lubrificação

A falta de lubrificação é uma das principais causas de dor para as mulheres durante o sexo. Muitas mulheres perfeitamente normais não produzem muita lubrificação vaginal. Depois de 40 anos, com a menopausa, os problemas de lubrificação podem se tornar cada vez piores.

Por isso, é possível utilizar um lubrificante artificial, encontrado em qualquer farmácia, para ajudar na penetração – caso contrário, a relação pode doer bastante. Além disso, antes da penetração, a maioria das mulheres precisa de um bom tempo nas preliminares, para ter a sua lubrificação ideal.

2. Colocar o pênis muito rapidamente ou profundamente

Mesmo quando as mulheres estão bem lubrificadas e estão se sentindo excitadas, elas podem sentir dor caso os homens empurrarem o pênis dentro da vagina com muita força. A vagina não é um espaço oco, já que existe um tecido muscular, que relaxa quando as mulheres estão prontas para o sexo.

A inserção profunda também pode causar dor, por isso as mulheres devem alertar sobre a profundidade que podem acomodar confortavelmente.

3. Pílulas anticoncepcionais

Alguns especialistas afirmam que, quando o sexo dói, as pílulas anticoncepcionais de hoje podem ser uma das causas. A pílula provoca um excesso de produção de substâncias que causam alterações bioquímicas, que, por sua vez, produzem dor. Por isso, se para você o sexo dói sem nenhum outro motivo aparente, converse com o seu médico sobre o uso das pílulas anticoncepcionais.

4. Doenças ou irritações na pele

A pele genital da mulher é sensível à irritação de duchas higiênicas, queimaduras solares, à alergia ao látex de preservativos ou à dermatite de contato a partir de sabonetes, produtos de higiene feminina ou roupas íntimas feitas de tecidos sintéticos. Se a vulva aparece vermelha ou irritada, consulte um médico. Clamídia, verrugas genitais ou doença inflamatória pélvica podem ser a causa da dor.

Portanto, se você tomou medidas para aumentar a lubrificação e o desconforto persistir, deixe um médico avaliar se existe algum outro sintoma que possa indicar algumas destas doenças.

5. Vaginismo

O vaginismo provoca um espasmo muscular pélvico, que fecha a vagina. Então, se o sexo dói, esse pode ser o motivo. Em casos leves, a relação causa desconforto, mas em casos graves, a inserção é impossível e tentativas podem causar dor aguda. Nesses casos, é melhor ser tratado por um terapeuta, que pode indicar exercícios de Kegel e um acompanhamento psicológico para tratar o medo da penetração.


Sites parceiros