Sexualidade

Conheça 5 exercícios sexuais para aumentar o prazer

Por Redação Doutíssima 30/10/2014

Você já ouviu falar em pompoarismo? Pompoarismo é o nome dado à técnica de exercícios sexuais que ensinam as mulheres a controlarem seus músculos vaginais, e têm como objetivo intensificar o prazer do ato sexual. Esses exercícios sexuais são super antigos, e são praticados há mais de 3 mil anos. Eles surgiram na Índia, foram aperfeiçoados pelos japoneses e pelos tailandeses e atualmente se difundiram para o mundo inteiro.

exercícios-sexuais

Praticar com regularidade alguns exercícios aumenta o prazer do ato sexual. Foto: iStock, Getty Images

Dentre os exercícios sexuais mais famosos estão criados pelo médico norteamericano Arnold Kegel. Inicialmente pensados para tratar problemas como a incontinência urinária e outros, relacionados com o sistema renal feminino, descobriu-se com o passar do tempo que eles poderiam ser bastante eficazes, também, para intensificar as experiências sexuais de suas praticantes.

Mas não são apenas os exercícios sexuais de Kegel que podem ajudar. Existem outras opções simples que também são bastante eficazes para treinar a prática sexual e, assim, intensificar o prazer na hora do ato. Quer conhecê-los? Confira abaixo:

Experimente praticar exercícios sexuais e melhore o seu sexo

Exercício 1

Sente-se em uma cadeira com as suas mãos apoiadas nas pernas. Você deve manter seus pés paralelos, deixando, entre eles, uma distância de aproximadamente 20 centímetros. A partir daí, contraia os músculos da vagina como se estivesse apertando alguma coisa dentro dela, conte até três, e então relaxe. Esses exercícios sexuais devem ser feitos todos os dias, e você deve ir aumentando gradativamente o tempo que segura a contração, até chegar ao limite de 10 segundos.

Exercício 2

Valendo-se da mesma posição destacada no exercício anterior, é possível fazer outra técnica que ajuda a aumentar o prazer sexual na hora da relação. Ao invés de contrair a vagina, contar até três, e depois soltá-la, a ideia agora é fazer contrações e relaxamentos de forma rápida, sucessivamente, como se estivesse com a respiração acelerada.

Exercício 3

Deite-se na cama, mantendo as pernas separadas e arqueadas. Coloque um dedo na vagina, e tente apertá-lo o máximo que puder. Se você não sentir pressão, então introduza outro dedo. Quando a musculatura da vagina estiver mais rígida, tente com apenas um dedo novamente.

Exercício 4

Na mesma posição acima, faça o mesmo procedimento: coloque um ou dois dedos dentro da vagina. Só que, ao invés de apertá-los, você deve tentar “sugá-los” com os músculos vaginais. Conte até três, relaxe e depois repita o procedimento. Esse é um exercício bastante eficaz.

Exercício 5

Não são apenas exercícios sexuais físicos que são capazes de aumentar o prazo relacionado ao ato sexual. Preparar a sua mente para o sexo também pode ter bastante reflexos na qualidade da noite que está por vir. Que tal praticar um pouco?

Para isso, uma boa dica é fazer uma visualização para despertar a consciência sensitiva da vagina. Acredite, isso é possível. Primeiro, feche os olhos e respire profundamente. Agora, concentre suas atenções na parte baixa do ventre e sinta essa região como se fosse um recipiente cheio de energia – com isso, será possível visualizar sua energia vital e sua energia sexual etc.

Observe como aí existem diversos órgãos, visualize-os e envie essa energia para todos eles. Praticar esse exercício de reflexão e relaxamento, por aproximadamente cinco minutos, todos os dias, é capaz de aumentar a capacidade sensitiva da vagina.


Sites parceiros