Guia do Sexo Anal

Querelle: saiba mais sobre esse filme com cenas de sexo anal

Por Redação Doutíssima 03/11/2014

O sexo anal nem sempre é retratado pelo cinema, e talvez seja por isso que o filme Querelle se tornou um clássico e marcou tanta gente. Produzido em 1983, o filme é inspirado no livro Querelle de Brest, escrito por Jean Genet, e foi retratado de uma maneira muito intensa pelo diretor alemão, Rainer Werner Fassbinder.

querelle

Filme nos faz rever muitos conceitos sobre amor e sexo. Foto: iStock, Getty Images

A temática envolve, basicamente, os relacionamentos homossexuais e a traição, em uma trama que é repleta de violência e prazer. O sexo anal é também é retratado no filme, mas como uma espécie de pano de fundo de relacionamentos complicados e questões de sexualidade vistas de diversos ângulos.

Se você se interessa sobre a temática, continue a leitura, saiba mais sobre o filme e descubra porque ele virou uma referência quando se fala em sexo anal no cinema.

A história do filme Querelle

Se você gosta de marinheiros suados e sem camisa, vai gostar dessa produção. A história se passa no porto belga de Brest, onde desembarca o marinheiro Querelle, interpretado por Brad Davis. No lugar, existe um bar e um bordel, que é comandado por Nono (papel de Gunther Kaufmann), bastante conhecido pelas suas apostas com os clientes que frequentam o local.

Entre essas apostas, está a seguinte: se o cliente ganhar um lance de dados, poderia fazer amor com sua esposa, Lysiane, interpretada por Jeanne Moreau. Mas se perder, a pessoa teria de se entregar ao próprio Nono.

Quando o marinheiro protagonista que dá nome ao filme chega ao bar à procura de parceiros em uma transação de drogas, o irmão é quem apresenta as pessoas certas, mas ele acaba encontrando bem mais do que parceiros comerciais. Uma discussão sobre os méritos do sexo entre homens logo leva o personagem a assassinar seu companheiro contrabandista, Vic (Dieter Schidor).

De volta ao bordel, Querelle perde no jogo de dados para Nono e descobre que ele tem um gosto e uma queda pelo o sexo gay passivo. Ele também acaba mantendo relações com Mario, um policial.

Entendendo o personagem Querelle

Para Querelle, ao menos no princípio, manter relações sexuais com Mario, o policial, ou com Nono, o proprietário do bordel que frequentava na cidade portuária de Brest, não era mais que um ato hedonista, físico, sem qualquer traço de paixão – nada sujava a pureza do seu jogo.

No entanto, como o próprio personagem reconhece, não é possível jogar todos os dias sem acabar se rendendo. E foi o que aconteceu. Em razão das constantes repetições dos atos, ele acaba repensando tudo o que sabia sobre o amor, e o tempo dele nas ruas e bordeis de Brest acabam tornando-o um homem completamente diferente.

Essa evolução do personagem ao longo da filmagem fica muito perceptível – você consegue perceber claramente que o protagonista passe de um assassino frio, calculista e vingativo, a um homem mais ligado às emoções, que aceita os sentimentos como naturais e, assim, acaba conhecendo muito mais sobre a sua sexualidade.

Por isso, se você tem alguns receios quanto à prática do sexo anal, assista ao filme e veja como é possível aprender mais sobre nós e até mesmo rever alguns conceitos.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


Sites parceiros