Sexualidade

Veja dicas para usar a linguagem corporal na conquista

Por Redação Doutíssima 03/11/2014

Imagine a cena: você e algumas amigas estão em um barzinho. Na mesa ao lado estão vários gatinhos. Um deles tem o perfil que você gosta. Quando você se depara, as mãos estão compulsivamente mexendo nos cabelos, as pernas milimetricamente cruzadas, o sorriso é largo e a fala até um pouco alta. Isso tudo é linguagem corporal na conquista.

linguagem-corporal-na-conquista

Saber como agir na hora certa ajuda a garantir o amado na sua mão. Foto: iStock, Getty Images

Linguagem corporal na conquista vale mais do que o papo

Mesmo que você não perceba que está agindo desse jeito, seu cérebro ordena que o faça. É como se fosse um jogo de sedução, e quanto mais os gestos marcam o outro mais ele passa a se sentir atraído pelo par que o corteja gestualmente.

A linguagem corporal na conquista representa 93% da comunicação inicial e causa até cinco vezes mais impacto do que a linguagem verbal. Então fique mais atenta ao que olhos veem do que o que os ouvidos escutam.

Veja dicas para usar a linguagem corporal na conquista

– Cuide da postura

Esqueça a coluna curvada e o jeito desleixado de sentar. Postura é tudo na hora da conquista seja em pé seja sentada. Saber como se portar remete ao homem segurança e confiança.

– Fique calma

Se você e o gatinho agendaram um segundo encontro, é natural que haja um frio na barriga – mas vá com calma. Procure controlar a ansiedade. Um dos sinais de que você está nervosa são as mãos impacientes. A tendência é que você fique mexendo demais na mesa, nas mãos. Tente ficar tranquila.

– Outra vez: postura!

Mãos cruzadas e cabeça apoiada em algo não ajudam muito na hora na linguagem corporal na conquista. Pelo contrário: esse tipo de gesto parece que você está aborrecida, chateada de estar com ele. Então haja naturalmente.

– Seja uma dama

É preciso ter cuidado para não se sentar como um homem, com as pernas abertas ou atirada na cadeira. Por mais que você não se sinta confortável agindo como uma dama certinha, precisa cuidar para não exagerar e acabar passando uma imagem desleixada. Você precisa agir e ter a linguagem corporal de uma menina.

– Não iniciar o contato físico

Mulher pode até achar que conhece homem, mas eles sabem direitinho quando o nosso corpo fala, principalmente se estivermos interessadas nele. Quando isso acontece é normal rirmos de tudo que ele diz e até iniciamos o contato físico, tocando os braços do gato que está na mira. Cuidado! Essa linguagem corporal na conquista pode sair pela culatra.

– Cabelos ao vento

Os cabelos são curinga na manga da mulherada. Querendo mostrar que está afim do gato, começa aquele jogo de cabelo pra cá, cabelo pra lá. Mas cuidado. Este gesto pode parecer nervosismo e até dar uma impressão desagradável para ele.

– Esqueça o chiclete

Bengala no primeiro encontro de muita gente, o chiclete pode ser também um sinal de nervosismo, mas geralmente é só um hábito desagradável. Brincar com o cabelo enrolando ele no seu dedo, ou ficar passando as mãos na franja, também não passa uma imagem bonita.


Sites parceiros