Sexualidade

Como convencê-lo a realizar as suas fantasias sexuais

Por Redação Doutíssima 07/11/2014

Você tem fantasias sexuais e seu parceiro não quer realizá-las ou então tem medo de falar com ele sobre isso? Se o seu é um desses casos, a primeira coisa que você precisa saber é que as fantasias sexuais são completamente normais, e você não é uma depravada por querer colocá-las em prática.

A segunda coisa importante de ter em mente é que uma boa conversa com o seu companheiro é a melhor maneira de conseguir o seu objetivo.

fantasias-sexuais

Conversar abertamente é melhor forma de colocar as fantasias em prática. Foto: iStock, Getty Images

Diálogo para realizar as fantasias sexuais

O primeiro ponto é que, apesar do fato de que em um relacionamento é necessário que haja concessões por ambas as partes, é importante pensar até que ponto suas fantasias sexuais não são invasivas. Não é saudável para um relacionamento que as pessoas façam nada obrigadas.

Ou seja, converse e explique os seus motivos, faça a pessoa entender que compartilhar as fantasias é importante para a saúde de um relacionamento, mas se sentir que ele não gostou muito das suas ideias e não ficará confortável em realizá-las, pense bem antes de insistir. É importante que os dois estejam a fim.

Mesmo que você comece o diálogo já com isso em mente, tome cuidado para acertar no tom do pedido. Dependendo da maneira que você vai falar, pode parecer que está querendo impor a sua vontade. Um mal entendido desse tipo pode abalar o seu relacionamento de forma irreversível.

Mas se você sente que ter as suas fantasias sexuais realizadas é mais importante do que a satisfação do seu parceiro, de repente está na hora de rever os motivos que te unem a essa pessoa.

Seja como for, é interessante também procurar saber quais são as razões para a pessoa não se interessar pelas mesmas fantasias que você. Pode ser que ela teve uma experiência desagradável parecida no passado e, por isso, não quer repeti-la.

Se é esse o motivo, conversando vocês podem decidir se vale a pena tentar novamente essa prática ou se é melhor esquecer e buscar uma outra fantasia que agrade aos dois. No final, o mais importante é que a intimidade e o entrosamento do casal sejam fortalecidos.

Quebrando tabus para realizar as fantasias sexuais

É importante desfazer tabus, preconceitos e más impressões. Isso se faz por meio da conversa e carinho. Você tem todo o direito de mostrar para a pessoa que ela pode estar errada e que vale a pena experimentar uma de suas fantasias sexuais, nem que seja para dizer que não gosta.

Se não faz sentido para o seu parceiro colocar essa fantasia sexual em prática agora, o máximo que você conseguirá fazer é saturá-lo com os seus desejo. Cabe a uma mulher prudente respeitar o tempo do seu homem. Por isso, não force ninguém a nada, mas respeita e seduza. Dar tempo ao tempo e avançar de forma cautelosa pode ser a melhor opção.


Sites parceiros