Especialidades

Tratamento para diabetes: conheça as opções para controlar a doença

Por Redação Doutíssima 09/11/2014

O diabetes é uma doença caracterizada pela elevação da glicose no sangue, o que causa a hiperglicemia. Podendo surgir em qualquer momento da vida, especialmente quando se tem pressão alta ou se está acima do peso, é causado pela falta ou má absorção de insulina.

A ausência deste hormônio acaba interferindo não só na queima do açúcar como também na sua transformação em outras substâncias (proteínas, músculos e gordura) para o organismo. Por isso, o tratamento para diabetes é essencial para quem sofre da doença.

tratamento-para-diabetes

Conviver com o diabetes hoje não é mais uma tarefa difícil. Foto: iStock, Getty Images

Tratamento para diabetes permite a qualidade de vida

Atualmente, 15 milhões de brasileiros convivem com o diabetes e, apesar deste grande número de diagnosticados, a doença pode facilmente ser controlada. A adoção de algumas medidas simples no dia a dia, assim como alguns ajustes de estilo de vida e o tratamento correto, torna possível levar uma vida normal.

Para conscientizar a população sobre a doença, seu desenvolvimento e sobre as formas de tratamento para diabetes, a Federação Internacional de Diabetes e a Organização Mundial da Saúde instituíram o Dia Mundial do Diabetes.

Por meio desta ação, realizada no dia 14 de novembro, busca-se aumentar a conscientização dos sinais de alerta do diabetes, promover ações para incentivar o diagnóstico precoce e o seu tratamento, e reduzir os principais fatores de risco para o diabetes tipo 2.

A campanha segue o exemplo das ações para prevenção do câncer de mama, intitulado de Outubro Rosa. Para divulgar a campanha e a sensibilização em relação ao câncer de próstata, instituiu-se o Novembro Azul.

Controle do tratamento para diabetes

Geralmente o tratamento para diabetes é feito por meio de aplicação de insulina, uma dieta adequada orientada por um nutricionista e a prática de atividade física.

Já para o seu controle, é importante verificar a glicemia diariamente utilizando as tiras reagentes e o glicosímetro, devendo seguir todas as orientações do médico durante toda vida – o diabetes, afinal, é uma doença crônica que não tem cura.

Aqueles que possuem o tipo 1 devem realizar o tratamento para diabetes com a aplicação de insulina diariamente, de duas a três vezes por dia, ou por meio do uso de uma bomba de insulina que vai liberando o medicamento na corrente sanguínea aos poucos.

Neste caso, o objetivo do tratamento é controlar os níveis de açúcar no sangue evitando os picos de hipoglicemia ou hiperglicemia, o que torna extremamente importante seguir uma dieta e praticar exercícios físicos.

No caso de quem convive com diabetes tipo 2, o tratamento pode ser feito com remédios  que ajudam a controlar a produção e a secreção de insulina pelo pâncreas. Também é indicado seguir uma dieta alimentar adequada e prática de atividade física.

Já o tratamento para diabetes gestacional é importante para a grávida e para o bebê, e pode ser feito com uma dieta com baixo teor de açúcar, gordura e carboidratos, prática regular de exercícios físicos e aplicação de insulina, sob orientação médica.

Todo diabético deve adotar um tratamento nutricional orientado por um nutricionista ou nutrólogo. No entanto, é indicado para todos que convivem com a doença fazer seis refeições por dia, sempre de 3 em 3 horas, beber bastante água, evitar o consumo de gordura e carboidratos e todo tipo de açúcar e adoçante, devendo sempre dar preferência ao consumo de alimentos diet.

Além disto, deve-se aumentar o consumo de alimentos ricos em fibras e cereais. O tratamento da diabetes é importante para evitar as complicações que a doença pode trazer como neuropatia diabética, comprometimento nos rins, olhos e a má cicatrização.

 

 


Sites parceiros