Sexualidade

Descubra a emoção e os perigos de fazer sexo em público

Por Redação Doutíssima 25/11/2014

Você já pensou em fazer sexo em público? Pode ser por conta da adrenalina, do medo de ser descoberto, do contato com a natureza ou o que for. O fato é que há mais gente do que você imagina que já botou esse desejo em prática. Mas fazer sexo em público exige cautela.

sexo-em-público

É preciso tomar uma série de cuidados para o sexo em público. Foto: iStock, Getty Images

Onde fazer sexo em público

Os lugares aos quais você pode recorrer para fazer sexo são muitos, e vão desde seu próprio automóvel, estacionado na rua à escuridão de uma sessão de cinema. Essas experiências de fazer sexo em público normalmente envolvem uma variedade intensa de sentimentos, que se traduz na emoção dessa prática: há adrenalina, há ansiedade, há suspense e há emoção.

No entanto, é preciso ter um pouco de cuidado com os perigos de fazer sexo em público. Em muitos lugares, isso pode inclusive ser considerado crime, além de afrontar a própria moralidade de uma determinada sociedade. Mas, se você se interessou pela ideia, abaixo vão algumas coisas que você deve levar em consideração.

Qual a emoção de fazer sexo em público?

Cada pessoa tem suas próprias motivações para optar por ter relações sexuais em público. Algumas fazem para alimentar seu próprio ego, porque gostam da sensação de estarem sendo observadas no momento do ato, enquanto outras resolvem arriscar-se justamente para viver a adrenalina que envolve o perigo de ser descoberto.

Além disso, existem casais que, frente a determinadas situações, simplesmente perdem o controle, deixando a emoção falar mais alto que a razão e não se importando com o lugar em que estão. Por outro lado, há casais que estão imersos em uma rotina sexual entediante, e que enxergam nessa prática uma possibilidade de quebrá-la.

Quais os perigos de fazer sexo em público?

Independentemente do motivo que você tem para ter relações sexuais em público, alguns perigos e cuidados precisam ser levados em consideração. O principal deles, como não poderia deixar de ser, é local.

Como já falamos mais acima, em muitos países esse tipo de prática é crime, e se você não tomar a devida cautela, um momento que deveria ser prazeroso pode se transformar, em um piscar de olhos, em uma grande dor de cabeça.

Então, se você está optando por fazer sexo publicamente para quebrar a rotina e tem um período para amadurecer a ideia, busque levantar os locais possíveis e considere os riscos de cada um deles. Possibilidades não faltam: banheiros, teatros, cinema, parques, escritórios, elevadores, todos esses locais são propícios para o sexo em público, desde que você avalie bem os riscos que oferecem.

Por fim, você precisa ter consciência de que não está na tranquilidade de sua própria casa, e por isso é bem provável que não tenha tempo para ter uma relação completa, com preliminares e tudo que elas envolvem. Em outras palavras, ao decidir por relações sexuais em público, você e seu parceiro devem tão-somente consumá-la no local, mas a excitação deve ser prévia.

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


Sites parceiros