[the_ad_group id="16403"]
Medicina Alternativa

Erisipela: aprenda a fazer remédios caseiros

Por Redação Doutíssima 12/01/2015

Doença cutânea infecciosa que causa feridas vermelhadas e doloridas no rosto, braços e pernas, a erisipela é muito comum em mulheres com mais de 50 anos de idade, obesas ou diabéticas. A principal bactéria causadora dessa condição é a Streptcoccus pyogenes do grupo A, que entra no organismo através de uma ferida como micose ou picada de inseto. Se não tratada, pode passar para o estágio bolhada, na qual os ferimentos são profundos e amarelados. Aprenda a fazer remédios caseiros para tratar essa infecção.

 

erisipela

Compressas podem ser aplicadas nas lesões da erisipela. Foto: iStock, Getty Images

 

Remédios caseiros para tratar erisipela

 

1. Gelo

Aplicar uma compressa gelada nos ferimentos de pele ocasionados pela erisipela ajudará a desinflamar a área afetada enquanto ameniza a dor. Enrole cubos de gelo em uma toalha e aplique sobre as erupções de duas a três vezes ao dia, por cerca de 10 minutos cada. Outra opção é molhar uma gaze na água fria e aplicar sobre a ferida, deixando até que fique quente – depois disso, deve ser novamente molhada e reaplicada.

2. Permanganato de potássio

Antisséptico, o permanganato de potássio ataca a bactéria responsável pela erisipela, além de manter a pele limpa. Também possui propriedades cicatrizantes que ajudam na recuperação da pele pós-lesão.

Dissolva um comprimido de 100 mg de permanganato de potássio em quatro litros de água morna. Molhe uma gaze nessa mistura e aplique nas feridas. Mantenha o curativo sobre a derme por 15 minutos. Faça isso duas vezes do dia.

3. Equinácea

Anti-inflamatória, antibiótica, desintoxicante e antialérgica, a equinácea diminui a inflamação, dor e inchaço das lesões da derme. Prepare o chá dessa planta medicinal colocando para ferver duas colheres (sopa) de equinácea em um litro de água.

Deixe ferver por alguns minutos, coe e espere esfriar. Depois, mergulhe uma toalha ou gaze e aplique na região afetada pela erisipela. Faça isso duas vezes ao dia, até que as feridas desapareçam.

4. Babosa

Também conhecida como aloe vera, a babosa possui uma substância chamada mucilagem, que reduz o inchaço, agiliza a cicatrização da derme e acaba com as bactérias e fungos da pele, mantendo a doença sob controle.

Corte uma folha de babosa ao meio e esprema as duas partes com o cabo da faca para extrair seu gel transparente. Passe esse sumo nas lesões e depois cubra-as com uma gaze. Após alguns minutos, retire o curativo e lave a pele com água fria. Repita esse processo diariamente.

5. Mel

O mel possui ação anti-inflamatória e cicatrizante, que diminui o inchaço e possível coceira ao mesmo tempo em que regenera a pele. Coloque uma colher (chá) sobre o ferimento, em seguida tape-o com uma gaze. Deixe agir por duas horas. Faça isso três vezes ao dia. Evite esse tratamento se as suas lesões tiverem alcançado o estágio bolhada.

6. Gengibre

Anti-inflamatório natural, o gengibre acaba com o inchaço e dor causados pela erisipela. Rale as raízes e coloque dentro de um pequeno saco de algodão, espremendo todo o suco da planta. Leve esse líquido ao fogo com três litros de água e deixe esquentar. Feito isso, aplique um pano ou gaze molhados nesse líquido sobre as feridas. Deixe agir por 15 minutos, duas vezes ao dia.


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]