Clínica Geral

Atente para a dor de ouvido em crianças no verão

Por Redação Doutíssima 02/03/2015

No verão, as escolas entram em recesso e as crianças ficam livres para aproveitar as férias com os pais e os amigos. Muitos banhos de mar, lagoa, piscina e cachoeira aumentam a probabilidade do surgimento da dor de ouvido. As dores merecem atenção e devem ser tratadas.

dor de ouvido

Otites merecem atenção e devem ser tratadas de forma correta para evitar danos. Foto: iStock, Getty Images

As dores de ouvido são conhecidas como otite e são classificadas de duas maneiras: otite média e otite extrema.

A otite média é uma infecção na orelha média, que tem como função amplificar o som até que o som chegue a orelha interna. A otite externa é uma infecção na orelha externa, que tem por função identificar a origem do som e levá-la até a orelha média, onde se encontra a tuba auditiva.

Dor de ouvido, suas causas e sintomas

A otite média é uma infecção causada por bactérias ou vírus que levam a inflamação. Ou então por obstruções auditivas. Se a dor de ouvido não for tratada, pode provocar perda total de audição. Por isso, os pais devem ficar atentos a qualquer reclamação que os filhos fizerem sobre desconforto na região da orelha.

As otites tendem a parecer durante ou após gripes e resfriados. Seus sintomas são dores muito intensas na região do ouvido, febre alta, falta de apetite e secreção no local. Em casos mais graves, pode ocorrer o rompimento do tímpano e uma secreção misturada a sangue é expelida.

Em todos os casos, é importante que os pais ou responsáveis levem a criança ao médico otorrinolaringologista para iniciar o tratamento correto e evitar que a dor de ouvido se agrave.

No tratamento, são utilizados antibióticos e analgésicos para dor. A febre deve desaparecer em, no máximo, três dias. A recuperação da audição leva mais tempo.

Se a falta de audição persistir, o médico deve investigar se não há secreções atrás da orelha média. Se existir secreção nessa região, será necessário fazer uma pequena intervenção cirúrgica.

Como se prevenir contra dor de ouvido?

Cuidado ao fazer a limpeza do ouvido. A cera é uma perfeita proteção contra a otite externa e, ao tentar limpar com cotonete, pode ocorrer obstrução. Além disso, pode acontecer algum tipo de fissura. Tente evitar deixar entrar água no ouvido durante o banho.

Limpe seus ouvidos apenas externamente com uma toalha. Não coloque nenhum objeto dentro de seu ouvido na tentativa de coçar, pois você pode causar ferimentos graves.

Haemophilus influenzae e o Streptococcus pneumoniae são duas vacinas que protegem as crianças de infecções mais leves e que ajudam a diminuir as chances da criança ter algum tipo de dor de ouvido como otite média.

Como o nariz e a garganta possuem canais de ligação com o ouvido, limpe as secreções nasais e da garganta para que não se acumulem nos ouvidos.

Se você apresenta uma predisposição para ter dor de ouvido, use protetores de ouvido ao entrar na água.

Se você já estiver com dor, não se automedique. Procure um médico especialista para evitar que o problema se agrave.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


Sites parceiros