[the_ad_group id="16401"]
Dieta

Ciência indica que fruta goji berry não ajuda a emagrecer

Por Redação Doutíssima 23/03/2015

Sensação entre as mulheres devido ao seu suposto efeito emagrecedor, a fruta goji berry caiu na graça das brasileiras e já ganhou até receitas elaboradas para que seu consumo seja motivado. Mas você sabia que esse alegado benefício, na verdade, não existe?

 

Quem descobriu a “má notícia” foram pesquisadores da Universidade de Tuffs, nos Estados Unidos. Eles identificaram que a frutinha, característica da Ásia e usada na medicina chinesa há mais de 600 anos, tem várias propriedades benéficas ao organismo. Só não ajuda a emagrecer, como foi amplamente divulgado.

fruta goji berry

Fruta não emagrece, mas ajudar a controlar o colesterol e a pressão. Foto: iStock, Getty Images

Altas calorias na fruta goji berry

Acontece que a goji berry não seria tão light como dizem por aí. Ao contrário, é bastante calórica, especialmente na sua versão desidratada, como é facilmente encontrada no Brasil.

 

Segundo os pesquisadores, a frutinha teria o poder de dar saciedade, mas, para isso, é preciso comer em grande quantidade. Mas como é calórica, isso promoveria o ganho de peso, e não a perda, como é o objetivo de quem a consome.

 

Por mais que os cientistas tenham derrubado por terra a suposta propriedade emagrecedora, a fruta Goji berry segue sendo uma aliada da dieta e da boa saúde. Os nutricionistas afirmam que a frutinha pode ser inserida na alimentação, mas de forma moderada.

Os benefícios, como ajuda no controle do colesterol e melhora da função sanguínea, no entanto, só são percebidos em longo prazo. A fruta deve ser considerada uma coadjuvante na alimentação, e não a solução para os problemas.

 

Fruta goji berry tem vários outros benefícios

A fruta pode não ter efeito emagrecedor, mas ela tem uma série de propriedades que são super benéficas à saúde. Por exemplo, ela tem 50 vezes mais concentração de vitamina C do que a laranja e é um poderoso antioxidante.

Quando consumida em quantidade correta, é capaz de ter ação de prevenção ao câncer, diabetes e arteriosclerose, que é o acúmulo de gordura, colesterol ruim e outras substâncias nas paredes das artérias – fatores de risco para um ataque cardíaco, por exemplo.

 

Outro estudo, publicado em 2008 no American Journal of Clinical Nutrition comprovou essa função benéfica para o sistema cardiovascular.

A pesquisa feita com 72 pessoas durante oito semanas de consumo da fruta goji berry também comprovou que ela auxilia na melhora das plaquetas do sangue. Responsáveis pela coagulação do sangue, as plaquetas em níveis adequados ajudam no controle da pressão arterial e também do colesterol.

 

fruta-goji-berry

Outras propriedades da fruta

A fruta goji berry é cultivada, especialmente, nas montanhas do Tibete, na Ásia. Na medicina chinesa, há mais de seis séculos, é usada para controle da pressão, do colesterol, para rejuvenescimento da pele e até para a melhora do desempenho sexual de homens e mulheres.

 

Pesquisas mais recentes sobre essa frutinha, que já faz parte do cardápio dos astros Mick Jagger e Madonna, mostram que o consumo diário de um colher de sopa antes da atividade física é capaz de ajudar no desempenho muscular. Essa quantidade também ajudaria na prevenção de trombose.

 

O poder emagrecedor da fruta goji berry pode ter caído por terra, mas não desanime: ainda há várias razões para manter o consumo dessa poderosa frutinha asiática.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]