[the_ad_group id="16401"]
Especialidades

Conheça as novidades em tratamento para ejaculação precoce

Por Redação Doutíssima 26/03/2015

Falhar na cama é desagradável, mas natural. Uma relação sexual rápida demais e incompleta pode ser causada por um problema físico ou psicológico. Por isso, é preciso buscar tratamento para ejaculação precoce.

 

Mais do que um desconforto para o homem, essa é uma questão de saúde. É importante entender que nem sempre a ejaculação antes do esperado deve ser encarada como um distúrbio.

 

Quando buscar tratamento para ejaculação precoce

Se o problema ocorrer esporadicamente – uma ou duas vezes -, pode ficar tranquilo, pois não deve ser motivo de preocupação. Isso é tão normal quanto, algumas vezes, não sentir desejo sexual suficiente.

 

Entretanto, se for recorrente, é importante procurar tratamento para ejaculação precoce com um médico. A boa notícia é que ela pode ser tanto prevenida quanto tratada.

tratamento para ejaculacao precoce

Ejaculação precoce não pode ser um problema que afete relação do casal. Fotos: iStock, Getty Images

Esse é um problema mais comum do que você imagina: segundo informações da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), 25% dos brasileiros precisam de tratamento para ejaculação precoce.

As causas nem sempre são fáceis de detectar. Na maioria das vezes, há um fator psicológico que envolve emoções e lembranças com as quais o paciente precisa lidar.

Além de medicação, o médico pode indicar um psicólogo para que você consiga se livrar da ejaculação precoce e do que pode estar causando tamanha ansiedade.

Se o problema for físico, a origem pode estar em algum medicamento que está sendo tomado. Níveis anormais de hormônios e neurotransmissores também pode estar envolvidos na situação, assim como o mal funcionamento da tireoide ou infecções na próstata.

Avanços no tratamento para ejaculação precoce

Entenda que tratamentos naturais ou caseiros para o problema não são aconselhados pelos médicos. Podem, até mesmo, piorar a situação.

O importante, no momento do tratamento para ejaculação precoce, é contar com o apoio e a compreensão da companheira. Não se envergonhe ao contar todos os detalhes que estão ocorrendo para ela.

No Reino Unido, há um programa de treinamento que se mostrou três vezes mais efetivo do que a psicoterapia – tratamento indicado para ejaculação precoce, que ajuda a lidar com ansiedade e questões emocionais  -, e é até cinco vezes mais barato.

Nos testes clínicos realizados em Londres, nenhum dos homens teve efeitos colaterais. Trata-se de um programa de estimulação do pênis com um protótipo. Quem testou, percebeu resultados consideráveis já na primeira semana e a cura do problema em um mês e meio.

Foram analisados 12.133 homens com idade entre 18 e 70 anos. A aprovação do tratamento no Reino Unido, Canadá e Estados Unidos já está em andamento.

4 dicas para prevenir a ejaculação precoce

Uma forma de evitar a necessidade do tratamento para ejaculação precoce é incluir, no dia a dia, algumas atitudes. Veja quatro delas a seguir:

1. Estresse

tratamento-da-ejaculacao-precoce 

O estresse no dia a dia é o principal fator que causa ejaculação precoce. Evitar essa ansiedade é a melhor forma de prevenir o problema. Momentos de relaxamento, descanso e lazer ajudam a acalmar o nervosismo.

2. Exercite-se

tratamento-da-ejaculacao-precoce 

Fazer exercícios físicos, além de afastar a sensação de ansiedade, mantém o corpo mais saudável.

3. Alimentação

tratamento-da-ejaculacao-precoce 

Alimentação saudável desintoxica o organismo, mantém a disposição e reduz cansaço e sensação de estresse.

4. Massagens

tratamento-da-ejaculacao-precoce 

Massagens relaxantes que exploram a região do estômago e das coxas são ótimas para reduzir o estresse.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]