Sexualidade

Saiba como controlar a ejaculação precoce

Por Redação Doutíssima 25/10/2014

A ejaculação precoce ocorre quando um homem ejacula pouco depois da penetração, ou até mesmo antes, sem ter o controle sobre o ocorrido. Essa condição pode abalar a vida sexual e sentimental de um casal, uma vez que as coisas acontecem muito rápido, antes que o outro parceiro chegue ao orgasmo. Essa é uma disfunção sexual muito comum, que indefere da idade e vem em dois tipos específicos.

O primeiro caso de ejaculação precoce é aquele de quem sempre atingiu o orgasmo com rapidez e o segundo é quem passou a ejacular muito cedo depois de algum tempo. Ansiedade, excesso de estímulo e culpa são alguns dos fatores causadores desse problema. Em ambas as situações há tratamento.

ejaculação-precoce

Algumas medidas podem ajudar a controlar a ejaculação precoce. Foto: iStock, Getty Images

Como evitar a ejaculação precoce

Conhecer o seu corpo é algo muito importante e, através da masturbação, você poderá aprender seus limites. Com o tempo, conseguirá superá-los. Masturbe-se até quase chegar ao orgasmo, e então interrompa. Pratique essa técnica e, com tempo, você conseguirá manter por mais tempo a fase de excitação, além de aumentar sua autoconfiança, evitando a ejaculação precoce.

Esse exercício pode ser feito até mesmo pelo casal. A mulher aperta o local do pênis onde a glande se encontra com o eixo, a parte final do órgão, com movimentos suaves, durante alguns segundos, até que o homem esteja quase ejaculando. Nesse ponto, ela deve parar o estímulo por cerca de 30 segundos, e depois recomeçar. Esse processo pode ser repetido até que o homem queira gozar – basta continuar a estimulação e ir até o fim.

Outra possibilidade é masturbar-se antes do sexo, já que, na segunda vez, o período de latência ejaculatório é maior. Então, quando for realizar o ato sexual, respire fundo para relaxar o músculos, diminuindo a tensão sexual. Pensar em coisas não sexuais, como futebol ou um problema do trabalho, também ajuda a retardar a ejaculação.

Medicamentos contra a ejaculação precoce

Alguns remédios, como pomadas ou cremes à base de benzocaína, agem como anestésico local, diminuindo a hipersensibilidade da pele. Pouco antes da relação sexual, aplique-os no pênis. Há preservativos que vêm com esse elemento na parte interior. Lembre-se de garantir que você não é alérgico a ela. Tomar antidepressivos tem o mesmo efeito para controlar a ejaculação precoce.

Vasocontritor natural e inibidor da serotonina, o creme de alho é outro tratamento eficaz para evitar a ejaculação muito rápida, e pode ser feito em casa. Leve ao processador e deixe por um minuto três dentes de alho, 100 ml de leite de soja, uma colher (chá) de manteiga gelada, meia colher (chá) de sal e meia colher (chá) de pimenta do reino. Depois é só aplicar no pênis, massageando por 15 minutos. Faça isso pouco antes de transar.

O ideal é que se procure um médico urologista assim que a ejaculação precoce se apresentar. Através de exames, ele orientará o tratamento mais adequado. Consultar um terapeuta sexual, psicólogo ou psiquiatra também é recomendado, caso a situação seja psicológica. Não tenha vergonha e inclua sua companheira nesse processo, já que uma vida sexual prazerosa reforça qualquer relacionamento.


Sites parceiros