Guia dos Dentes

Extração do dente do siso exige cuidados no pós-operatório

Por Redação Doutíssima 23/07/2015

Você já deve ter ouvido falar no “dente do juízo” e que ele incomoda muito. Sim, ele pode atrapalhar bastante a vida quando surge por volta dos 18 anos. Por isso, a extração do dente do siso é a única escolha para muitas pessoas. E os cuidados pós-operatórios são bem importantes e específicos.

 

Os dentes sisos são os terceiros molares e encontram-se na região posterior da boca. Eles completam a dentição permanente, sendo os últimos a nascer. São distribuídos de forma igual na cavidade bucal: dois na maxila (parte superior) e dois na mandíbula (parte inferior).

extracao do dente do siso

Os cuidados pós-operatórios são essenciais para a recuperação do dente do siso. Foto: iStock, Getty Images

 

Quando a extração do dente do siso é necessária

Mas por que a extração do dente do siso é necessária? De acordo com a cirurgiã-dentista Andressa Kist, algumas vezes os dentes sisos possuem variações na anatomia e até mesmo na posição no arco dentário. “Eles podem nascer virados para baixo, ou até mesmo não conseguirem erupcionar na boca em razão da falta de espaço”, explica a dentista.

Segundo ela, são três as principais situações que exigem a extração do dente do siso. Acompanhe:

1. Dente dentro do osso

Quando o dente siso está dentro do osso sem possibilidade de nascer e ainda muito próximo do dente vizinho. “Poderemos ter problemas irreversíveis no segundo molar, simplesmente pelo fato de estarem encostados”, diz Andressa.

2. Dente não consegue nascer

Quando o dente aparece na cavidade bucal, mas não consegue nascer totalmente, pode-se desenvolver uma infecção chamada pericoronarite, que é causada pelos restos alimentares e pela placa bacteriana que fica acumulada entre o dente e a gengiva. “Essa infecção provoca muita dor e precisa ser tratada com medicação prescrita por dentista”, analisa.

3. Uso de aparelho

Quando o paciente faz uso de aparelho ortodôntico e precisa de maior espaço para o posicionamento dos dentes.

Para Andressa, o ideal seria que, aos 18 anos, idade em que esperamos o nascimento do siso, o paciente procurasse o dentista para encaminhar o exame de raio x panorâmico para avaliar a possibilidade de manter o dente na boca. “Se há necessidade de remoção, essa pode ser feita em qualquer idade”, afirma.

Cuidados após a extração do dente do siso

Após a extração do dente do siso, os sintomas dependem de como ele estava na boca antes de ser extraído. Se ele se encontrava em posição normal, não haverá maiores problemas nos dias seguintes. Mas quando o dente estava parcialmente para fora ou até mesmo completamente dentro do osso, há a necessidade de cuidados mais específicos.

A dentista explica que, quando extraímos um dente, seja ele da série normal, extra ou siso, devemos cuidar da alimentação. Ela deve ser fria e líquida nos três primeiros dias. Nos quatro dias seguintes, continua-se com alimentação com temperatura baixa, porém inclui-se alimentos pastosos.

“Uma alimentação quente nessa primeira semana pode provocar muita dor e inchaço e até mesmo dificultar a cicatrização do local”, avisa a cirurgiã.

O tratamento feito após a extração do dente do siso inclui a administração de medicamentos como analgésicos e antibióticos, dependendo de cada caso, para evitar dores e infecções. Fumo e prática de exercícios são proibidos durante o processo de cicatrização.

“Podemos fazer compressa com gelo para diminuir o inchaço. A cada 15 minutos uma compressa por 10 minutos. Essa deve ser feita somente no primeiro dia. Nos dias seguintes, optamos por compressa com panos quentes”, ensina Andressa.

A higiene deve ser feita de modo muito delicado. Porém, é importante que ela seja realizada para evitar acúmulo de placa bacteriana e alimentos sobre a ferida. Não é aconselhável realizar bochechos, a não ser por indicação de seu dentista.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


Sites parceiros