Sexualidade

Posições de yoga podem levar ao orgasmo? Saiba mais

Por Redação Doutíssima 07/08/2015

Já ouviu falar em yogasm? O termo surgiu depois que Kate Kendall, guru e instrutora de posições de yoga, ouviu de suas alunas que a prática da atividade as levava “quase lá” e que algumas delas tiveram orgasmos durante a aula.

Posições de yoga e orgasmo

De acordo com Andrea Wellbaum, diretora e instrutora-sênior do estúdio Hot Yoga São Paulo, apenas uma aluna sua contou que chegou ao orgasmo durante a prática. “Mas não podemos nos basear em relatos para dizer que foi a prática de yoga que fez a pessoa chegar ao clímax ou outros fatores pessoais, físicos e emocionais, naquele determinado momento”, explica.

posições de yoga

Algumas posições de yoga trazem benefícios para a vida sexual. Foto: iStock, Getty Images

Ou seja, ter um orgasmo enquanto pratica algumas posições de yoga pode acontecer, mas não há fórmula mágica, nem garantia. Até porque uma onda tão grande de prazer depende de muitos estímulos, não só físicos.

O que Andrea ensina é que a yoga é uma ótima forma de aliviar o estresse, melhorar a flexibilidade, aumentar o fluxo de sangue (inclusive para os órgãos sexuais) e abrir a mente. “Tudo isso contribui para melhorar a vida sexual”, comenta a instrutora.

Ela conta que um dos grandes ensinamentos do yoga é estar presente no momento, o que também pode trazer uma satisfação e um contentamento maior antes, durante e depois do ato sexual. “Além disso, a atividade traz calma e aumenta muito a auto-estima, o que promove uma experiência mais recompensadora na cama.”

Posições de yoga que melhoram o sexo

Andrea explica os benefícios que algumas posições de yoga trazem para a vida sexual. A prática dessas e de outras posturas exige o acompanhamento de um instrutor qualificado, então não tente sozinha em casa.

 

Postura da Cobra (Bhujangasana) 

posições de yoga

Foto: Shutterstock

Nos mais antigos registros escritos de yoga, o Gheranda Samhita e o Hatha Yoga Pradipika, a postura da Cobra (Bhujangsana) é descrita como uma postura que acende e aumenta o fogo do corpo. A testosterona ajuda a aguçar a mente, promovendo mais foco e melhor memória.

A Bhujangasana também energiza o corpo. Alonga os músculos intercostais, ajudando no aumento da capacidade pulmonar e comprime levemente as glândulas suprarrenais, que promovem vigor e também estão intimamente ligadas ao estresse, ou seja, quanto mais equilibradas elas estiverem, menor seu nível de estresse.

A prática dessa postura também aumenta a flexibilidade e fortalece os músculos das costas, prevenindo ou melhorando dores na coluna, e fortalece os braços.

Águia (Garudasana)

posições de yoga

Foto: Shutterstock

 

Segundo Andrea, a Garudasana é uma das melhores posturas para combater problemas de infertilidade e falta de desejo sexual. Esta postura é considerada maravilhosa para o sistema reprodutor, pois a área da pelve recebe um grande fornecimento de sangue quando ela é liberada, aumentando também a vitalidade sexual.

Os benefícios vêm por meio do “efeito torniquete”. Durante a postura, você corta o fornecimento de sangue para o sistema reprodutor e quando libera, o sangue, que estava se acumulando, corre em alta velocidade para lá, carregando oxigênio e nutrientes e arrastando embora toxinas e eventual tecido fibroso.

 

A Águia também é ótima para o sistema linfático, para abrir as grandes e principais articulações do corpo, fortalecer pernas, panturrilha, músculos deltóides e trapézio, aumentar a capacidade do sistema imunológico e melhorar o equilíbrio.

Pernas Separadas no Solo (Upavistha Konasana)

posições de yoga

Foto: Shutterstock

Posturas que aumentam a circulação sanguínea na pelve, além de aumentar a flexibilidade na área, podem ajudar na cama.

A Upavistha Konasana alonga as partes interna e posterior das pernas, estimula os órgãos abdominais, fortalece a coluna, acalma a mente (algo sempre benéfico para uma relação sexual mais relaxante), melhora a flexibilidade na virilha, pelve e nos quadris. A circulação sanguínea aumenta não apenas na região pélvica mas também na região abdominal. 

 

Postura da Deusa (Utkata Konasana)

posições de yoga

Foto: Shutterstock

Assim como a postura anterior, a Postura da Deusa ajuda a aumentar a flexibilidade da pelve, virilha e quadris, além de também melhorar a circulação sanguínea nestas regiões. Ela abre o peito e fortalece os músculos das costas e do abdômen. Promove ainda ombros, braços, quadríceps e coxas internas mais fortes.

A Utkata Konasana também é extremamente energizante, gerando muito calor interno, ótima para melhorar o sistema cardiovascular. Para mulheres grávidas, é uma postura boa para preparar para o parto, já que cria mais espaço na pelve e quadris.

 

Pombo (Eka Pada Rajakapotasana)

posições de yoga

Foto: Shutterstock

Assim como as posturas anteriores, o Pombo é uma ótima postura para a pelve, por aumentar a flexibilidade na área e incentivar maior circulação sanguínea ali. Além disso, melhora a elasticidade dos músculos glúteos médios e máximos e aumenta a extensão de movimento dos quadris, o que pode ser uma vantagem durante a relação sexual.

O Pombo também é uma postura preventiva de problemas no nervo ciático e ajuda a preparar o corpo para outras posturas de yoga, como curvaturas das costas e a Lotus (Padmasana).

 

Ponte (Sethu Banda Sarvangasana)

posições de yoga

Foto: Shutterstock

A Ponte alonga os músculos flexores do quadril e tonifica a região pélvica. Alguns acreditam que é uma postura que ajuda a se atingir o orgasmo, pois quando você sustenta a ponte está contraindo e espremendo os músculos do assoalho pélvico, fazendo um dos exercícios mais recomendados para fortalecer a região e ter orgasmos melhores.

 

Criança (Balasana)

posições de yoga

Foto: Shuttestock

Ótima postura para iniciar e terminar a prática de yoga. Alonga a lombar, os braços e dá uma grande sensação de relaxamento e bem-estar, aspectos muito bem-vindos na hora do sexo.

A Balasana é uma das melhores posturas “anti-estresse” e tem a capacidade de acalmar a mente e, ao mesmo tempo, ajudar o praticante a ficar mais focado e com a mente “aguçada”.

A postura da Criança também ajuda a melhorar indigestão, constipação e flatulência. Estica a parte inferior dos pulmões, portanto é boa contra asma e enfisema. Fornece sangue para a cabeça, cérebro, glândulas tireoide, paratireoide e pituitárias, ajudando no equilíbrio hormonal.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


Sites parceiros