Dieta

Dieta para perder gordura: saiba como emagrecer com saúde

Por Redação Doutíssima 10/08/2015

Regimes alimentares milagrosos aparecem aos montes, mas nem sempre é fácil encontrar uma dieta para perder gordura eficiente. Cada pessoa possui uma estrutura orgânica diferente, que requer uma alimentação específica e exercícios de acordo com seu biótipo. Por isso, a melhor solução é sempre buscar auxílio profissional antes de iniciar a reeducação alimentar.

 

No entanto, é possível exercer alguns cuidados e, inclusive, realizar dietas, desde que tomados os devidos alertas à saúde. Com responsabilidade, dá para emagrecer seguindo alguns cardápios elaborados por especialistas no assunto.

dieta para perder gordura

Para perder gordura com uma dieta, é preciso buscar auxílio de um profissional. Foto: iStock, Getty Images

Veja a lista abaixo, procure um médico de sua confiança e escolha a dieta para perder gordura que melhor se adapta ao seu estilo de vida.

 

Dieta para perder gordura combate a obesidade

Um levantamento da Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que, em 2025, mais de 700 milhões de pessoas estarão obesas. Para combater essa realidade futura, é necessário mudar os hábitos alimentares, exercitando-se e procurando uma dieta para perder gordura.

 

Confira alguns regimes alimentares que podem ajudar a emagrecer de forma saudável quando acompanhados por profissionais.

 

1. Dieta da gordura

 

Formulado pela personal trainer Zana Morris, esse regime garante emagrecimento rápido. Sem passar fome, quem segue o cardápio dessa dieta para perder gordura, também sofre mudanças no ritmo hormonal. Ela segue o princípio de que as gorduras não alteram a insulina, que põe açúcar dentro das células.

 

Se o hormônio insulina está em baixa, o organismo recorre às moléculas de gordura no corpo para produzir energia. Assim, a pessoa perderia peso mais rápido. Abacate, nozes, azeite e salmão são permitidos, mas os queijos, carnes e manteiga ficam de fora.

 

2. Dieta detox

 

O objetivo da dieta detox não é exatamente a perda de peso, mas a limpeza de toxinas e inflamações do organismo. Os alimentos do cardápio visam filtrar as toxinas e impedir que cheguem ao fígado. Assim, tudo que é tóxico é eliminado em água.

 

Nada industrializado é permitido, incluindo café, sal, farinha branca, açúcar, carnes vermelhas e massas, muito menos fumar e ingerir álcool. Castanhas, ovos, legumes, chás, frutas e verduras formam a base do regime alimentar, que deve ser feito por 10 dias. A partir de então, o cardápio é mais flexível.

 

Dieta para perder gordura não precisa ser restritiva

Nem só de cardápios extremamente restritivos vive uma dieta para perder gordura. Conheça alternativas mais liberais que permitem até o consumo de guloseimas.

 

1. Dieta branca

 

Para gorduras localizadas, a dieta branca ajuda retirando da alimentação o açúcar, a farinha, o sal, a batata, o arroz, as massas, o leite e derivados do cardápio. Por outro lado, alguns outros ingredientes considerados brancos são permitidos, como as carnes de peixe, frango e o ovo.

 

2. Dieta do prazer

 

Quilos a menos e gostosuras a mais. Essa é a proposta da dieta do prazer, que garante equilíbrio entre proteínas, carboidratos, gorduras boas e fibras. Por 12 semanas, é permitido escapulir até 150 calorias do regime estabelecido.

 

A critério de cada um, pode ser bebida uma taça de vinho ou comido um chocolate, por exemplo. Pouco restritiva, essa dieta permite também que a pessoa tenha um dia mais livre, com alimentação variada, sem cuidar muito da balança alimentar.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


Sites parceiros