Zen

Massagem com bambu ajuda a modelar o corpo e a relaxar

Por Redação Doutíssima 13/08/2015

Em busca de uma maneira rápida e eficaz para se livrar da celulite e ao mesmo tempo se sentir melhor? A massagem com bambu pode ser a solução. Essa técnica revolucionária possui benefícios adicionais se comparada à massagem tradicional. Entre eles estão a melhora na circulação sanguínea e o combate ao estresse.

 

Beleza e bem-estar com a massagem com bambu

Conhecida como “massagem das sensações” ou bambuterapia, essa técnica possui vários benefícios para corpo e mente. Ela incorpora hastes de bambu de diferentes comprimentos e diâmetros para atuar nos tecidos mais profundos da pele.

massagem com bambu

Massagem com bambu ajuda a aliviar dores e melhora a qualidade do sono. Foto: iStock, Getty Images

A massagem com bambu foi criada em 2003 pelo fisioterapeuta francês Gil Amsallem, mas também é combinada com várias outras técnicas de massagem ao redor do mundo.

Alguns dos praticantes a conjugam com elementos de shiatsu, medicina tradicional chinesa, massagem Thai, drenagem linfática, e até mesmo ayurveda. Por vezes, as varas são aquecidas ou óleos essenciais são incorporados à sessão.

 

Entre os benefícios da bambuterapia estão o alívio da dor no pescoço, no ombro e nas costas, bem como a melhora da qualidade do sono, o aumento da clareza mental e a cura depressão.

Ela também aumenta a drenagem linfática e ajuda a eliminar toxinas do corpo, incentivando habilidades de cura natural do organismo e liberando endorfinas – nosso analgésico natural.

 

Segredo da massagem com bambu

O bambu é uma planta excepcional e, por isso, usada em terapias holísticas há milhares de anos. Nessa técnica as varas de bambu semelhantes em tamanho e diferentes em circunferência são adotadas como acessório perfeito para massagem. Elas enfatizam o poder dos movimentos realizados pelo terapeuta.

 

As circunferências distintas são ideais para massagear diferentes partes do corpo. Por exemplo, para uma massagem nas costas uma peça mais grossa é usada; para pernas, abdômen e braços utilizam-se duas varas médias; e para o rosto opta-se por duas peças pequenas e finas.

 

Durante a sessão, o massagista espalha óleo sobre a área a ser massageada e então move os pulsos em vários movimentos de rotação. Através deles que é possível drenar as toxinas do corpo, reduzir a celulite. Com movimentos de pressão, o especialista também consegue tonificar e relaxar os músculos.

 

Essa técnica produz sensações únicas que não podem ser replicadas por outras massagens terapêutica. Além disso, as hastes quentes são usadas para ativar cristais de sílica encontrados naturalmente em superfícies de bambu. Quando aquecidos, eles produzem uma carga elétrica que interage com o campo eletromagnético do corpo.

 

Massagistas que utilizam esse método acreditam que a combinação de calor e pressão libera as toxinas do corpo causadas por estresse. A sílica também ajuda o corpo aabsorver minerais essenciais, como potássio, cálcio e magnésio, e desempenha um grande papel em manter sua pele e cabelo saudáveis.

 

Massagem com bambu é para todos

Os efeitos dessa terapia podem ser vistos a partir da primeira sessão. Quando praticada regularmente, as possibilidades são ainda maiores: eliminação da celulite, restauração de um corpo mais magro e melhorias na qualidade de vida.

A bambuterapia é igualmente recomendada para homens e mulheres, especialmente atletas, devido à estimulação muscular. Não há efeitos secundários, mas ela não é recomendada para crianças. Além disso, pessoas com trombose, diabetes ou câncer precisam de orientação médica antes de se submeter a esse tipo de massagem.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


Sites parceiros