Bem-Estar > Zen

8 dicas para simular um spa em casa e relaxar nos dias mais frios

Por Debora Stevaux 30/06/2018

Quando você chega em casa depois de enfrentar uma rotina cansativa de trabalho e outras inúmeras preocupações e obrigações, o que você faz para relaxar? Nos dias mais frios, é comum que as pessoas corram logo para debaixo das cobertas ou do edredom, mas nem sempre dão um tempo para que seu corpo relaxe antes de dormir, o que acaba por significar que seu corpo não está completamente descansado para uma noite de sono tranquilo e profundo.

8 dicas para simular um spa em casa e relaxar nos dias mais frios. (Foto: iStock)

Mas como fazer para relaxar? Muita gente imagina que para tornar isso possível é necessário gastar muito dinheiro. Porém, essas pessoas estão enganadas. Com algumas dicas, você é capaz de montar um spa em casa para relaxar nos dias mais friozinhos e deixar de lado uma doença perigosíssima e silenciosa: o estresse.

Leia mais: Ioga para crianças? Saiba os benefícios da prática milenar para o público infantil

Por isso, confira abaixo 8 dicas para simular um spa no seu lar. Todas elas foram idealizadas pela terapeuta floral Marcia Rissato, da Mona’s Flower.

8 dicas para montar um spa no seu lar

 

  • Reserve um cantinho da sua casa para ser o spa

 

A terapeuta aponta que o espaço deve cumprir alguns requisitos. “Ele precisa ser o cantinho mais acolhedor da casa, ter um bom espaço livre, nem que para isso você precise afastar alguns móveis de lugar. Não se esqueça também de estender uma toalha no chão para não ficar em contato direto com a friagem do piso”, explica.

 

  • Desligue-se de celular, computador, TV e tablets

 

Sim, é difícil. Mas muito necessário. Os aparelhos eletrônicos podem atrapalhar bastante esse momento e esvaziar quase que por completo o objetivo de relaxar. “Coloque uma música calma de sua preferência para tocar, ou uma playlist específica com sons de cachoeira ou de pássaros”, comenta a especialista.

 

  • Use e abuse de óleos essenciais

 

A terapeuta recomenda que o de lavanda seja borrifado no cômodo. “Esse aroma é um calmante natural, traz equilíbrio, harmonia e ajuda a ter uma boa noite de sono”, diz. Óleos essenciais de gerânio, bergamota e menta também são bem-vindos, mas para o momento da massagem por serem eficazes contra a ansiedade e o estresse.

Veja também: Tipos de meditação: quais são os principais e qual é o melhor para você

 

  • Massageie seus pés e mãos durante o ritual

 

Existe uma linha da medicina alternativa que acredita em reflexologia. Basicamente, essa prática é realizada com o objetivo de aplicação de pressão nos pés e nas mãos para produzir um efeito benéfico em outra parte do corpo. “Essas regiões possuem o ‘mapa’ do corpo humano, e portanto, têm pontos a serem estimulados que refletem áreas do corpo como o corpo e o sistema imunológico”, pontua a especialista.

  • Cuide bem dos seus pés

 

Após massageá-los, Marcia indica que você mergulhe seus pés em uma bacia de água morna e bolinhas de gude no fundo e os pressione, devagarzinho, nessas bolinhas para estimular os pontos dos pés. “Antes de dar início ao escalda pés, borrife eucalipto no ambiente para perfumar e aumentar ainda mais a sensação de relaxamento”, completa.

Leia mais: Doshas: o que cada elemento fala sobre sua personalidade

 

  • Substitua as luzes normais por velas

 

A iluminação de velas garante um clima mais relaxante do que as luzes artificiais, mesmo as amarelas. Na banheira ou no box, use essência de camomila e lavanda com sabonetes líquidos e aplique no corpo. “Quem não tem banheira em casa deve pingar três ou quatro gotas de óleo essencial no piso do box e ligar o chuveiro em água morna”, completa.

 

  • Não se esqueça de passar hidratante no corpo

 

Principalmente nas regiões mais secas como as extremidades: pés, pernas e mãos. “Termine passando um pouquinho de óleo de amêndoa pelo corpo inteiro, dessa forma sua pele ficará mais macia e hidratada”, conta a terapeuta.

  • Coloque uma roupa confortável para meditar

 

Vista sua roupa mais confortável, volte para o espaço inicial e medite um pouquinho. “Sente-se no seu próprio tapete em posição de lótus e esvazie a mente por alguns momentos”, finaliza a expert.

Veja também: Slow Food: o resgate do prazer à mesa com consciência


Sites parceiros