Receitas

Bolo de rolo: saiba como preparar essa tradição do Nordeste

Por Redação Doutíssima 04/09/2015

A aparência até pode confundir os desavisados, mas não chame um bolo de rolo de rocambole na frente de um pernambucano. A afirmação pode ser considerada uma ofensa pelos mais convencionais.

 

Patrimônio cultural de Pernambuco, o doce apenas se parece com o rocambole por ter também a massa enrolada. No entanto, as semelhanças param por aí. A história e as receitas distintas provam isso.

bolo de rolo

Tradicional no Nordeste, doce à base de goiabada precisa ser consumido com moderação. Foto: Shutterstock

 

O que é o bolo de rolo

O bolo de rolo é uma adaptação do “colchão de noiva”, um doce típico do sul português que chegou ao Brasil durante o Período Colonial. Preparada no Algarves pelas doceiras da região de Tavira, distrito de Faro, a receita original era recheada com nozes ou amêndoas.

Em nosso país, as confeiteiras lusitanas não dispunham dos ingredientes necessários e tiveram que trocar as castanhas pela goiaba, fruta encontrada em abundância.

É bem verdade que a guloseima demorou um pouco a se tornar conhecida, pois seu consumo ficou restrito inicialmente aos senhores de engenho e governantes. Só mais tarde é que acabou se tornando um prato popular.

O rocambole só chegou por aqui com a vinda da família real, no ano de 1808. Nessa época, o bolo de rolo já fazia sucesso entre os moradores de Pernambuco.

 

De origem francesa, o rocambole tem a massa mais grossa, semelhante ao pão de ló e envolve o recheio com apenas uma única camada. O recheio pode ter variações como doce de leite, chocolate, geleias e outros sabores.

Já a receita nordestina é preparada com a sobreposição de lâminas super finas de massa, recheada exclusivamente com goiabada.

Hoje é possível encontrar o bolo de rolo em confeitarias, cafés e padarias de todo o Brasil e também em outros países. Em visita ao Recife, em 1980, o papa João Paulo II provou uma fatia.

Conforme publicação da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Pernambuco (Fecomércio-PE), o doce é reconhecido como Patrimônio Cultural Imaterial de Pernambuco desde 2007.

Versátil, pode ser servido no café da manhã, como sobremesa e até no meio da tarde. Apesar de saboroso, não dá para exagerar no consumo. O bolo de rolo tem 162 calorias por porção.

 

Receita do tradicional bolo de rolo

 Ingredientes:

– 250 gramas de manteiga

– 250 gramas de farinha de trigo peneirada

– 250 gramas de açúcar

– 5 ovos (gemas e claras separadas)

– 400 gramas de goiabada

– Meio copo de água (para dissolver a goiabada)

 

Modo de preparo:

Primeiro, bata bem o açúcar e a manteiga. Junte as gemas, uma a uma. Depois, acrescente as claras em ponto de neve. Coloque a farinha de trigo e misture delicadamente.

Divida a massa em sete assadeiras rasas, untadas com manteiga e trigo. Em forno pré-aquecido a 150 graus, asse uma de cada vez, até que fique branquinha (em torno de 10 minutos).

Retire a massa e a espalhe em uma toalha polvilhada com açúcar ou em papel manteiga. Cubra com a goiabada derretida. Repita o mesmo processo até a última camada e depois enrole rapidamente. Polvilhe com açúcar.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar! 

 

É fã do Doutíssima? Acompanhe o nosso conteúdo pelo Instagram!


Sites parceiros