Homens

Como deixar a barba cerrada e quais os cuidados para mantê-la

Por Redação Doutíssima 05/10/2015

Se você acha que ter uma barba cerrada é coisa do passado, saiba que ela voltou a ser popular. Barbas e bigodes retornaram à moda entre os homens, e muitos acreditam que não se trata de algo passageiro.

Além disso, segundo recente estudo, homens e mulheres pensam que ter pelos faciais é mais atraente que um rosto barbeado. Só que para ter um visual assim, muitos cuidados são necessários.

barba cerrada

A hidratação dos pelos faciais é importante para manter um visual com barba. Foto: iStock, Getty Images

 

Elas preferem os barbudos

Normalmente pessoas associam barbas a idade, masculinidade e dominância. Além disso, a popularidade dos pelos faciais tem oscilado ao longo do tempo. As costeletas tiveram picos de popularidade em 1853, costeletas com bigodes em 1877, barbas em 1892 e bigodes entre 1917 e 1919.

 

Atualmente, ter uma barba cerrada é sinal de estilo. De acordo com um estudo publicado na revista Biology Letter, hoje em dia mulheres têm avaliado homens com barba como muito mais atraentes do que aqueles que não a tem. Você está pensando em deixar a barba crescer? Então saiba que está no caminho certo porque é isso que o público feminino anda procurando.

 

Não bastasse isso, a barba é capaz inclusive de ser benéfica para a saúde. Segundo uma pesquisa realizada pela University of Southern Queensland, a barba mais cheia é capaz de proteger até 90% a 95% dos raios UV, retardando o processo de envelhecimento e também reduzindo a incidência de câncer de pele.

 

barba cerrada 

Como ter uma barba cerrada

Nem todos os homens conseguem ter uma barba cerrada. Um dos principais motivos é que às vezes o crescimento dos pelos nem sempre é uniforme, apresentando muitas falhas. Caso esse seja o seu caso, vale a pena tentar apenas um visual mais curto, no estilo “barba por fazer”.

Se ainda assim você insistir na ideia de uma barba mais cheia, o transplante de barba é muito comum em vários países e pode ser uma opção.

 

Para aqueles que não têm problemas com falhas, o processo é mais simples. Basta deixá-la crescer e, a partir daí, adotar alguns cuidados básicos. Saiba que uma coceira intensa nos primeiros dias e semanas é bastante normal, e você terá que suportá-la – nesse estágio é comum alguns homens desistirem da ideia.

 

Além disso, são necessários alguns cuidados de manutenção. Por exemplo, você deve lavar a barba com shampoo hidratante e, depois que ela estiver bem seca, usar um óleo vegetal para hidratá-la. É isso mesmo, os pelos faciais também precisam de hidratação para ficarem no lugar e com aparência bonita. A utilização de óleo também é capaz de dar mais brilho aos pelos.

 

Você ainda precisará encontrar um barbeiro de confiança para aparar os pelos quando necessário. A barba cerrada também inspira cuidados, já que pontas irregulares passam a imagem de visual desleixado. Vale a pena – e o custo – procurar um profissional para isso porque qualquer movimento errado é capaz de jogar muito tempo de esforço no lixo.

 

Caso a barba esteja crescendo muito lentamente, talvez o problema esteja na alimentação. Uma dieta equilibrada e saudável faz bem tanto para o cabelo quanto para a pele.

Pensando em suplementos? Algumas pessoas dizem que a biotina, vitamina do complexo B, fortalece os pelos – embora não haja provas científicas de que ela realmente ajuda. Se quiser arriscar, consulte um médico antes de começar a tomá-lo para verificar se não há qualquer contraindicação no seu caso.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar! 


Sites parceiros