Em 10 de outubro é celebrado o Dia Mundial da Saúde Mental. A data busca alertar sobre essa condição que afeta milhões de pessoas em todo o mundo. Em 2015, o tema a ser discutido é “Dignidade em Saúde Mental”, que visa elevar a consciência do que pode ser feito para garantir que as pessoas com problemas psicológicos possam viver com dignidade.

saúde mental doutíssima istock getty images
Doenças mentais afetam milhões de pessoas em todo o mundo. Foto: iStock, Getty Images

 

Situação da saúde mental

Transtornos mentais muitas vezes são confundidos com loucura e, por isso, muitas pessoas evitam procurar apoio médico especializado. Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) indicam que uma em cada 10 pessoas no mundo sofre de algum distúrbio de saúde mental.

 

No Brasil, uma pesquisa da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) indica que 23 milhões de brasileiros sofrem de algum transtorno mental, o que corresponde a aproximadamente 12% de toda a população. Entre essas pessoas, pelo menos 5 milhões possuem transtornos mentais graves e persistentes.

 

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 7,6% dos adultos brasileiros já tiveram diagnóstico de depressão, o que equivale a mais ou menos 11 milhões de pessoas. De acordo com o instituto, o Estado que mais casos apresenta é o Rio Grande do Sul, com 13,2% da população com mais de 18 anos já tendo enfrentado esse problema.

 

Dessas pessoas que sofrem com a depressão, o IBGE estima que 11,8% delas tenham sérias limitações para as tarefas cotidianas. O órgão apurou ainda que 46,4% das vítimas buscaram tratamento no último ano: 16,4% delas fazem psicoterapia, enquanto 52% tomam medicamentos.

 

Transtornos mentais mais comuns

O estudo realizado pela Associação Brasileira de Psiquiatria revela que apesar da política de saúde mental brasileira priorizar doenças mais graves, como o transtorno bipolar ou a esquizofrenia, os atendimentos em estabelecimentos médicos é que apontam quais as doenças mais comuns. Veja quais são elas:

 

– Depressão

A depressão é um transtorno de humor que provoca uma sensação persistente de tristeza e perda de interesse. Essa condição afeta o modo como você se sente, pensa e se comporta, podendo levar a uma variedade de problemas emocionais e físicos.

Muitas vezes, é necessário um tratamento a longo prazo, mas é bom não desanimar. A maioria das pessoas com o problema consegue vencê-lo através de medicação, aconselhamento psicológico ou uma combinação de ambos.

 

– Ansiedade

É normal sentir-se ansioso de vez em quando, mas a ansiedade excessiva e a contínua preocupação interferem nas atividades do dia a dia e podem ser um sinal de transtorno de ansiedade.

Os sintomas são semelhantes aos de transtorno de pânico, transtorno obsessivo-compulsivo e outros tipos de ansiedade, embora todos sejam diferentes doenças. Na maioria dos casos, o transtorno de ansiedade generalizada melhora com medicamentos ou psicoterapia.

 

– Transtorno de ajustamento

O transtorno de ajustamento é um tipo de doença mental relacionada ao estresse. Quem é vítima dela pode se sentir ansioso ou deprimido, muitas vezes apresentando até mesmo pensamentos suicidas.

Há tratamento para esse transtorno, e a boa notícia é que normalmente ele é bastante breve. Normalmente ele inclui psicoterapia e em certos casos alguns medicamentos, permitindo que você recupere o equilíbrio emocional.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar! 


DEIXE UMA RESPOSTA