Quem acompanha a novela A Regra do Jogo, da Rede Globo, já deve ter percebido que Atena, personagem da atriz Giovanna Antonelli, tem uma bebida favorita. O dry martini é um drink clássico que voltou a ser assunto em razão da novela. Trata-se de uma opção fácil de fazer e extremamente deliciosa.

 

Um clássico cheio de sabor

Não há como negar que o martini é uma bebida elegante. É limpo, simples e vem em um copo de coquetel que ressalta a beleza do drink. Um martini é um simples coquetel de gim e vermute, normalmente decorado com uma azeitona verde ou uma casca de limão.

dry martini istock getty images doutíssima
Dry martini é a bebida favorita de Atena, personagem da atriz Giovanna Antonelli. Foto: iStock, Getty Images

A origem desse coquetel é um pouco misteriosa. Algumas fontes creditam a introdução do martini à cidade de Martinez, na Califórnia, Estados Unidos, enquanto outras indicam que isso aconteceu em Nova York na virada do século XX. Com o tempo, a popularidade da bebida acabou diminuindo e sucumbiu em face de opções mais modernas.

 

No entanto, a partir da década de 90 esse coquetel ressurgiu. Principalmente através de personagens da televisão e do cinema, que costumam adicionar novidades em termos de bebida – e inclusive estimular as pessoas a ingerirem essas novidades.

 

De acordo com uma pesquisa publicada na revista Alcohol and Alcoholismo, as descrições de álcool feitas em filmes e propagandas de TV têm um efeito imediato sobre a quantidade de bebidas que as pessoas consomem.

 

Pioneiros nessa perspectiva, os estudiosos mostraram que pessoas que assistem filmes e comerciais em que ingerir álcool está em destaque bebem, em média, 1,5 garrafas a mais de bebidas do que aquelas que assistem filmes e anúncios publicitários em que o álcool tem um papel menos proeminente.

 

Há exemplos clássicos de bebidas que fizeram sucesso na TV e viraram as queridinhas de muitas pessoas – você deve lembrar do famoso Cosmopolitan da série americana Sex and the City. Agora é a vez da personagem Atena reapresentar ao público o dry martini. Tudo indica que ela veio para ficar – e não é difícil entender o porquê.

 

Como fazer um dry martini

Você vai a um restaurante e pede um dry martini. Afinal, você sabe o que isso significa? Esse coquetel indica que você deseja menor quantidade de vermute na sua bebida, ou seja, um sabor mais seco.

 

Atualmente nem todas as preparações de dry martini levam o gim, já que muitos bartenders usam a vodka em seu lugar. Por isso, o ideal é testar seu paladar às várias formas de preparar essa bebida, até encontrar aquela que mais se adapte a você.

 

Antes de começar a prepará-la, certifique-se que todas as bebidas estejam refrigeradas, inclusive o copo, para dar um maior frescor ao drink. Feito isso, agora basta saber como preparar a bebida favorita da Atena. Confira:

 

Ingredientes:

 

Gelo

70 ml de gin

20 ml de vermute seco

Azeitona verde para guarnecer

 

Modo de preparo:

 

Em uma coqueteleira cheia de gelo, combine o gin e o vermute. Mexa bem, por cerca de 20 segundos, e depois coe em copo de martini. Pronto, agora basta decorar com a azeitona e servir. Viu como é fácil?