Sexualidade

Quer gozar rápido? Confira como chegar lá nas preliminares

Por Redação Doutíssima 22/10/2015

A busca pelo prazer não tem hora ou lugar e até mesmo gozar rápido apenas com preliminares é possível. A verdade é que saber como tirar proveito da “preparação” muitas vezes é um grande trunfo para curtir ainda mais as boas sensações proporcionadas pelo sexo em si. É preciso aprender a aproveitar cada momento.

 

O prazer durante as preliminares 

Ela geralmente não leva muito tempo para despertar um homem e levá-lo ao orgasmo. Por outro lado, ele precisa se esforçar bastante para levar uma mulher a um bom nível de excitação e ao clímax. A razão é simples: para os homens o pênis é o centro de sua sexualidade, enquanto para as mulheres os orgasmos se dão através de todo o corpo.

gozar rápido doutíssima istock getty images

Ao contrário do homem, a temperatura da mulher não diminui imediatamente após o orgasmo. Foto: iStock, Getty Images

 

O corpo feminino é uma unidade sexual em si. É necessário desvendar seus mistérios e estimulá-los para fazer ela realmente ter prazer – ao contrário do que acontece com os homens. De todo modo, em ambos os casos o orgasmo é mais satisfatório quando há boas preliminares, segundo um novo estudo publicado no The Journal of Sex Research.

 

Pesquisadores da Universidade McGill, no Canadá, concluíram que homens e mulheres elevam a temperatura corporal à medida que se excitam, o que reflete em maior satisfação. Logo após o orgasmo, a temperatura e a excitação do homem diminuem imediatamente – mas a de uma mulher não.

 

Em outras palavras, é possível levar uma mulher a gozar rápido ainda nas preliminares porque ela é capaz de ter sua excitação intacta – sendo possível dar sequência no jogo do amor e proporcionar ainda mais prazer a ela.

 

Técnicas para gozar rápido nas preliminares 

Sexólogos do Instituto Kinsey, nos EUA, descobriram que a mulher em média chega a um orgasmo depois de 10 a 20 minutos de sexo. Portanto, para fazê-la gozar rápido você precisará de algum tempo de preliminares e toques certeiros.

 

Uma pesquisa da Universidade de Florença descobriu que mulheres que bebem um copo ou dois de vinho tinto ficam mais excitadas. Cuide para não exagerar, já que o efeito pode ser contrário. Depois dessas dicas prévias, é hora de tornar as coisas mais quentes.

 

Invista pelo menos três minutos apenas para beijar. Estudos realizados pelo Lafayette College, nos EUA, descobriram que o beijo reduz os níveis de cortisol, o hormônio do estresse, acelerando o tempo do relaxamento.

 

Segundo William Cane, autor de The Art of Kissing (“A arte do Beijo”, em tradução livre), 96% das mulheres indicam que um beijinho leve no pescoço é a forma perfeita para excitá-las – ele entrevistou 50 mil delas.

 

Remova um item de sua roupa cada vez que beijá-la no pescoço. De acordo com um estudo realizado pela Universidade de Cincinatti, as mulheres sentem-se mais quentes quando estão nuas. Depois, há duas rotas certeiras para fazê-la chegar lá.

 

Conforme sexólogos do Instituto Masters & Johnson, o sexo oral é o caminho de sucesso para o orgasmo de 80% das mulheres. É possível investir também na masturbação – inicie com um toque suave no períneo feminino, na vagina ou no clitóris.

 

Em paralelo, é válido ainda estimular outra área que faz sucesso entre as mulheres: os seios. Esse é um ponto erógeno que proporciona grande influência na excitação feminina. Bastam poucos minutos de estímulo e provavelmente você sentirá os músculos se contraindo e uma dose extra de lubrificação.

 

É preciso observar ainda que as coisas devem estar em constante movimento. Isso não significa que elas devam andar rápido, mas apenas que você não deve dar chance para que o clima simplesmente acabe.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar! 

 


Sites parceiros