Dica do Nutricionista

Dificuldade para emagrecer? Saiba como mudar essa realidade

Por Redação Doutíssima 05/11/2015

Se você já teve dificuldade para emagrecersabe que esse problema pode ser muito frustrante e prejudicial à autoestima. Pegar pesado na academia e não ver os números diminuírem na balança acaba com a motivação e torna todo o processo de emagrecimento ainda mais difícil. Por isso, é importante verificar quais são os obstáculos para a perda de peso.

Segundo a nutricionista esportiva Vivian Ragasso, do Instituto Cohen (SP), a dificuldade para emagrecer pode estar relacionada a uma série de fatores. “A perda de peso saudável envolve controle quantitativo e qualitativo da ingestão calórica, tipo, frequência e intensidade da atividade física e até alterações bioquímicas e metabólicas”, esclarece.

Causas da dificuldade para emagrecer

Atualmente, a força de vontade para quem precisa ou deseja emagrecer é testada a todo instante. Pelo menos é isso que sugere uma pesquisa feita pela Universidade York, no Canadá, que relacionou diretamente a perda de peso com a época em que a pessoa vive. Os cientistas detectaram que nos anos 1980 era mais fácil eliminar os quilos extras.

A constatação foi feita a partir da observação de dados sobre a alimentação de 36.400 americanos entre 1971 e 2008 e informações sobre a atividade física de 14.419 deles, entre os anos de 1988 e 2006. Os resultados demonstram que as pessoas hoje estão cerca de 10% mais pesadas, mantendo a mesma dieta e rotina de exercícios. 

Dificuldade para emagrecer pode ser vencida com planejamento e acompanhamento profissional

Dietas mal elaboradas estão entre as causas da dificuldade para emagrecer. Foto: iStock, Getty Images

Os cientistas atribuem esses dados a três possíveis fatores: aumento do consumo de substâncias químicas presentes em alimentos embalados, uso de remédios tarja preta e  consumo  de carne de animais tratados com hormônios de crescimento. Mas nenhuma dessas hipóteses foi cientificamente comprovada.

 

A nutricionista Vivian atribui a dificuldade para emagrecer não somente aos alimentos prontos e fast-foods, mas também às dietas mal elaboradas. “Os cardápios restritivos, amplamente divulgados pela mídia, acabam gerando na pessoa a expectativa de perder peso rápido”, explica. Dessa forma, as particularidades metabólicas do indivíduo não são consideradas.

 

De acordo com a especialista, a dieta não pode ser generalizada, pois precisa ser elaborada a partir das condições e dos hábitos de vida de cada pessoa em particular. “Não faça uma dieta qualquer que não foi feita, pensada e calculada para você”, recomenda.

 

Dicas para emagrecer com saúde

A orientação de Vivian para eliminar os quilos indesejados é investir na atividade física e buscar ajuda profissional para controlar a dieta. “O nutricionista tem total condição de investigar mais profundamente as causas da dificuldade da perda de peso através de recordatórios alimentares, exames e avaliações corporais”, lembra.

 

Mas não adianta somente reajustar o cardápio. É importante, também, buscar uma atividade física prazerosa. “O exercício auxilia tanto na queima de gordura, quanto na aceleração do metabolismo”, enfatiza a especialista. Acima de tudo, a nutricionista desaconselha seguir uma dieta da moda.

 

“Pesquise sobre mudanças de hábitos de vida para se tornar uma pessoa mais saudável, ao invés de seguir um cardápio qualquer que achou na internet. Ele, provavelmente, vai ocasionar a perda de peso de forma errada, o que fará com que os quilos na balança retornem e talvez até aumentem ainda mais”, conclui.

 

Gostou das dicas para emagrecer com saúde? Deixe um comentário com a sua opinião! Compartilhe suas experiências e tire suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar! 


Sites parceiros