Um treino feminino bem elaborado precisa atender aos principais desejos das mulheres: manter os glúteos duros e bem empinados, a barriga seca e os músculos definidos. A boa notícia é que há várias alternativas para queimar calorias e conquistar o corpo sonhado sem passar horas na academia, com exercícios práticos que podem ser feitos em qualquer lugar.

De acordo com o ortopedista João Paulo Bergamaschi, cirurgião da Clínica Kennedy São Paulo, o corpo precisa ser trabalhado de forma harmônica. “Estimular certas regiões e esquecer de outras pode provocar um desequilíbrio muscular e causar lesões. O ideal é utilizar movimentos e cadeias musculares, e não músculos isolados”, diz.

Treino feminino: o que não pode faltar?

Segundo Bergamaschi, o treino harmônico é essencial para delinear o corpo feminino. Por isso, ele conta com algumas sugestões para você realizar uma atividade completa, que além garantir um aspecto estético favorável ao corpo, também auxilia na manutenção da saúde.

“Os treinamentos intervalados ajudam na redução de gordura e no condicionamento físico, melhorando o fator de risco para diversas doenças. Esse tipo de treino, com recuperação ativa ou passiva, consegue aprimorar a capacidade de diferentes sistemas de transferência de energia”, explica o especialista.

Para seguir esse modelo de treinamento, ele esclarece o que precisa ser feito. “Se estiver treinando em um parque, corra por um minuto o mais rápido que puder, depois faça agachamentos por 30 segundos e então volte à corrida. Realize essa sequência durante 15 minutos”, orienta.

Se o seu objetivo for delinear a musculatura e prevenir a osteoporose – caracterizada como uma doença feminina, que pode ser agravada na menopausa – o ortopedista recomenda incluir no treino alguns exercícios com peso, em aparelhos de academia. Principalmente porque eles incrementam a densidade óssea.

Por isso, um bom treino feminino também precisa incluir séries de exercícios em aparelhos como o leg press, a extensora e a flexora. Tudo isso, é claro, com o acompanhamento de um profissional. “O treino precisa ser sempre supervisionado por um educador físico”, enfatiza Bergamaschi.

Treino feminino
Treino harmônico visa cadeias musculares em vez de músculos isolados. Foto: Shutterstock

Benefícios do treino feminino

Ao executar corretamente os movimentos e manter a postura adequada durante os exercícios, você pode ter ótimos resultados em seus treinos, conforme garante o especialista. “Quanto maior for o grau perfeição do movimento, maior será o seu resultado”, sublinha ele.

As vantagens de aderir ao treino feminino são amplas. “Os treinamentos funcionais geralmente possuem um maior gasto calórico em menor tempo por exigirem mais consciência corporal e mobilização muscular. Podem ser feitos em qualquer lugar, sem necessidade de aparelhos”, lembra.  

Os exercícios indicados por ele também garantem melhora do condicionamento físico, do contorno corporal, da agilidade e da flexibilidade. Contribuem, igualmente, para a redução de peso, a prevenção de doenças cardiovasculares, o ganho de massa magra e o estímulo da consciência corporal.

Mas, para usufruir de todos esses benefícios, é importante praticar a atividade física com regularidade. “O planejamento do seu dia é importante para que a atividade física faça parte de um compromisso com você e com a sua saúde. Coloque na agenda e não falte aos seus treinos”, conclui o médico.

E você, está em dia com os treinos? Conte quais são seus exercícios preferidos nos comentários. E não esqueça de compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!