[the_ad_group id="16403"]
Exercícios

Confira 6 abdominais fáceis de fazer e tonifique a barriga

Por Redação Doutíssima 01/01/2014

Um treino cheio de abdominais é o mais usado para quem deseja uma barriga tanquinho. Acontece que é preciso considerar algumas questões antes de iniciá-lo e, além disso, incluir outras mudanças em seu estilo de vida. É que esses exercícios são capazes de ajudar na tonificação, mas não são eficazes para a perda de gordura abdominal.

abdominais istock getty images doutíssima

Abdominais são excelentes para melhorar a postura e reduzir dores nas costas. Foto: iStock, Getty Images

Método fortalece, mas não elimina gordura 

Segundo o Conselho Americano de Exercício, os benefícios dos abdominais vão muito além de simplesmente definir essa área do corpo humano. De acordo com os especialistas, eles são chave para aumentar a força do núcleo e a resistência, melhorar a postura, reduzir dores nas costas e reforçar a performance esportiva.

Por outro lado, não vale a pena recorrer a eles se a ideia é perder gordura abdominal. De acordo com um estudo publicado no Journal of Strenght and Conditioning Research, eles não são eficientes para eliminar a gordura abdominal subcutânea e outras medidas do corpo humano.

Para chegar a essa conclusão os cientistas analisaram 24 participantes saudáveis, embora sedentários, entre 18 e 40 anos. Eles foram divididos em dois grupos, um que praticou abdominais por seis semanas e outro para controle.

Ao final desse período foi constatado que a gordura abdominal não sofreu redução significativa naqueles que fizeram esse tipo de exercício. Entretanto, vale dizer que esse levantamento confirmou a maior resistência muscular após essa rotina de treino.

Treino com abdominais fáceis e eficazes

Alguns movimentos abdominais são ótimos para trabalhar a musculatura da barriga. Com isso é possível fortalecer e tonificar o abdômen. Veja 6 abdominais que devem fazer parte do seu treino:

1. Deite de costas com joelhos dobrados e pés apoiados no chão. Inspire e dobre seu queixo em direção ao peito. Expire e lentamente enrole apenas cabeça, pescoço e ombros, como se você fosse levantar os braços e chegar em direção a seus pés. Faça uma pausa e respire. Lentamente retorne à posição inicial. Repita oito vezes.

2. Deite de costas, estique os braços e estenda as pernas para que o corpo fique em linha reta. Inspire e leve os braços acima da cabeça, começando então a enrolar a parte superior do corpo do chão. Expire quando no meio caminho e continue levando o corpo para frente até alcançar os dedos dos pés. Repita 10 vezes.

3. Levante as pernas em direção ao teto. Inspire e contraia seu abdômen. Expire e abaixe lentamente as pernas até que elas fiquem uns 5 cm acima do chão. Faça uma pausa e respire. Expire enquanto você leva as pernas para a posição inicial. Repita 10 vezes.

4. Levante as pernas em direção ao teto, mantendo-as em linha reta. Abaixe a perna esquerda até que fique cerca 5cm do chão. Levante a cabeça e os ombros do chão e agarre a parte de trás da perna direita, puxando-a suavemente na sua direção. Alterne as pernas e repita. Complete 10 repetições.

5. Levante as pernas em direção ao teto e estenda os braços no chão ao lado do corpo, com as palmas para baixo. Inspire e contraia os músculos do abdômen. Levante seus quadris do chão com os pés para cima. Repita 10 vezes.

6. Sente-se de pernas cruzadas e estique os braços à frente, formando um arco com os dedos se focando. Inspire. Com seus quadris e abdômen contraído, expire enquanto você gira lentamente o corpo cerca de 45 graus para a direita. Volte ao centro e alterne o lado. Complete 10 repetições.


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]