[the_ad_group id="16401"]
Especialidades

Alergia ao pólen: entenda porque acontece

Por Redação Doutíssima 19/03/2014

De todas as coisas que podem causar uma alergia, o pólen é uma das causas mais comuns. Muitas pessoas conhecem a alergia ao pólen como febre do feno, mas especialistas em saúde geralmente se referem a ela como “rinite alérgica sazonal”. Isto significa simplesmente uma alergia ao pólen que ataca o nariz durante determinadas épocas do ano.

alergia ao pólen

Uma alergia é uma reação específica do sistema imunológico do seu corpo a uma substância normalmente inofensiva. As pessoas que têm alergias frequentemente são sensíveis a mais de uma substância. Além do pólen de plantas, outros alérgicos comuns que podem causar reações alérgicas incluem materiais com ácaros e pêlos de animais.

Os sintomas de alergia ao pólen incluem  espirro, coceira nos olhos, congestão do nariz e olhos vermelhos e lacrimejantes.

 

Como diagnosticar a alergia ao pólen

 

 

alergia ao pólenTeste de pele

Um médico com experiência em doenças alérgicas, conhecido como alergista ou outro profissional de saúde vai usar o teste cutâneo para descobrir se você tem anticorpos que reagem a um alérgeno específico. Estes anticorpos, produzidos pelo sistema imune, anexam-se aos mastócitos em sua pele. Quando os alérgenos ligam-se ao seu anticorpo, os mastócitos liberam histamina e outras substâncias químicas que causam os sintomas alérgicos. Um teste de pele é simples, relativamente seguro, e os resultados ficam prontos em minutos.

Com um teste cutâneo, seu médico usa uma agulha para colocar uma pequena quantidade de extrato de pólen (substância líquida) logo abaixo da superfície da pele em seu antebraço ou nas costas. Se você for alérgico, haverá inchaço ou vermelhidão no local da prova. Embora essa reação mostre que você produz anticorpos a um tipo de alérgeno específico, você pode não apresentar os sintomas respiratórios e oculares ( nariz congestionado, coceira nos olhos, etc) de uma reação alérgica.

Exames de sangue

Em vez do teste de pele, o profissional de saúde pode exigir uma amostra de sangue para medir os níveis de anticorpos específicos do pólen que o seu corpo produz. Tal como acontece com o teste cutâneo, exames de sangue positivos não necessariamente significam que você possui alergia ao pólen.

 

Tratamento

 

Medicamentos

Um número de alérgenos podem ser testados com um teste cutâneo, incluindo a ambrósia e pólens de gramíneas. Como é praticamente impossível de evitar o contato com o pólen, você pode ser capaz de controlar os sintomas com os medicamentos. Você pode comprar alguns medicamentos antialérgicos sem receita médica. A maioria destes medicamentos são anti-histamínicos, indicados para pessoas que sofrem levemente da alergia. Se estes medicamentos não funcionarem e os seus sintomas não diminuírem, seu médico pode prescrever uma receita para um medicamento mais potente.

Algumas pessoas com rinite alérgica sazonal desenvolvem complicações incluindo asma e sinusite. Se esse for o caso, é importante consultar um profissional.

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no  Fórum de Discussão Doutíssima! Clique aqui para se cadastrar!

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!

 

Saiba mais:

 

Saiba mais sobre remédio para alergia

Alergia a gato ou cachorro: entenda por que acontece

Alergia à esmalte: entenda porque acontece

Alergia nas mãos: entenda porque acontece

Alergia ao calor: entenda porque acontece

Alergia na pele: sintomas, causas e tratamento

Alergia alimentar: sintomas, causas e tratamento


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]