[the_ad_group id="16401"]
Especialidades

Alergia alimentar: sintomas, causas e tratamento

Por Redação Doutíssima 17/02/2014

Alergia alimentarDepois daquela comida deliciosa, você sente inchaço nos lábios, língua dormente, coceira na pele ou diarreia e vômito? Cuidado, você pode ter alergia alimentar. Logo a seguir, nós iremos mostrar tudo o que você deva saber sobre a alergia.

Sintomas de Alergia alimentar

Os sintomas de uma alergia alimentar geralmente aparecem rapidamente, em até duas horas depois de comer. Em casos raros, os sintomas podem começar a aparecer horas depois de comer o alimento prejudicial. Os principais sintomas são urticária, rouquidão e respiração difícil ou ruidosa.

 

 

Outros sintomas da alergia alimentar que podem ocorrer:

  • Dor abdominal
  • Diarréia
  • Dificuldade para deglutir
  • Irritação na boca, na garganta, nos olhos, na pele ou em qualquer outra região
  • Tontura ou desmaio
  • Congestão nasal
  • Náusea
  • Corrimento nasal
  • Manchas escamosas com coceira (dermatite atópica)
  • Descamação ou bolhas
  • Inchaço (angioedema), principalmente nas pálpebras, face, lábios e língua
  • Falta de ar
  • Cólicas estomacais
  • Vômito

Causas

Normalmente, o sistema imunológico defende o corpo de substâncias possivelmente nocivas, como bactérias, vírus e toxinas. Em algumas pessoas, a resposta imunológica é desencadeada por uma substância que costuma ser inofensiva, como um alimento específico.

A causa das alergias alimentares está relacionada à produção de um tipo de substância pelo organismo, chamada de anticorpos imunoglobulina E (IgE), que provoca alergias a um alimento específico.

Embora muitas pessoas apresentem intolerância a alimentos, as alergias alimentares são menos comuns. Em uma alergia alimentar real, o sistema imunológico produz anticorpos e histamina em resposta a um alimento específico.

Uma síndrome de alergia que afeta a boca e a língua pode ocorrer depois de ingerir determinadas frutas ou hortaliças frescas. Esses alimentos contêm substâncias similares a determinados pólens. Por exemplo, o melão contém substâncias similares ao pólen de tasneira, e a maçã possui alérgenos similares ao pólen de árvore.

A alergia alimentar geralmente começa na infância, mas pode ocorrer em qualquer idade. Felizmente, muitas crianças se livrarão das alergias a leite, ovos, trigo e soja quando tiverem cinco anos se evitarem esses alimentos antes dessa idade. As alergias a amendoim, frutas secas e frutos do mar tendem a durar a vida toda.

Tratamento de Alergia alimentar

alergia alimentar

O único tratamento comprovado para uma alergia alimentar é evitar o alimento. Outros tratamentos incluindo injeções contra alergia e probióticos, não foram claramente comprovados no auxílio a alergia alimentar.

Se seu filho tem um problema com a fórmula de leite de vaca, seu médico talvez sugira experimentar uma fórmula de leite à base de soja ou algo chamado de fórmula elemental, se disponível.

Qualquer pessoa diagnosticada com alergia alimentar deve sempre carregar consigo (e saber como usar) a epinefrina injetável. Se você apresentar qualquer tipo de reação grave ou distribuída por todo o corpo (mesmo que sejam urticárias) depois de comer o alimento que causa alergia, injete a epinefrina. Em seguida, vá para o hospital ou pronto-socorro mais próximo, de preferência em uma ambulância. Procure ajuda médica imediatamente depois de injetar a epinefrina por causa de uma reação a alimentos.

Buscando ajuda médica

  • Ligue para o número de emergência local, se apresentar qualquer reação grave ou distribuída por todo o corpo (principalmente respiração difícil ou ruidosa) depois de ingerir um alimento.
  • Se o seu médico receitou epinefrina para as reações graves, injete-a assim que possível, antes mesmo de ligar para a emergência. Quanto antes a epinefrina for injetada, melhores serão as suas chances.
  • Qualquer pessoa que já teve uma reação alérgica a algum alimento deve ser avaliada por um alergologista.

 

Saiba Mais

Como lidar com a alergia alimentar na infância?

Alergia ao leite: entenda porque acontece

Como saber se você tem alergia?

Tudo o que você precisa saber sobre remédio para alergia

Os melhores alimentos para sua pele

Alergia nos olhos: entenda porque acontece

Alergia respiratória: sintomas, causas e tratamento


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]