[the_ad_group id="16403"]
Dica do Nutricionista > Dieta > Gestante

Atenção, gestante: veja quais são os riscos do colesterol alto na gravidez e como baixá-lo

Por Redação Doutíssima 29/04/2014

Cuidar do colesterol é uma preocupação que todo mundo deve ter, afinal, ele é prejudicial à saúde e aumenta o risco de se desenvolver algumas doenças cardiovasculares. Quando ocorre o colesterol alto na gravidez, o cuidado deve ser redobrado. Durante a gestação, a mulher precisa conter o seu avanço, pois se ele atingir determinados níveis, a hipertensão provocada por esta condição pode causar problemas no desenvolvimento do bebê. Por isto, é importante adotar medidas que ajudem a reduzir, de forma mais efetiva, a taxa de colesterol alto na gravidez.

O colesterol elevado tem como consequência o acúmulo de gordura nas paredes dos vasos sanguíneos. Isto faz com que o fluxo do sangue circule com maior dificuldade, aumentando, desta forma, a pressão arterial. O incremento dos níveis de colesterol durante a gestação, apesar de ser considerado normal, exige atenção e observação.

colesterol alto

Dieta para o controle do colesterol alto na gravidez deve ser rica em fibras. Foto: Shutterstock

Riscos

Caso a mulher sofra com níveis significativos de colesterol alto na gravidez, o bebê corre o risco de ter sua saúde prejudicada. Isto porque o acúmulo de fios de gordura dentro de seus pequeninos vasos sanguíneos pode favorecer a instalação de alguma doença cardíaca ainda na infância. Nesta fase da vida, é esperado um aumento de até 60% no colesterol total.

Como o uso de medicamentos para hipertensão é contraindicado para mulheres gestantes, em razão dos riscos que eles representam ao bebê, a solução para baixar o colesterol alto na gravidez se dá por outros meios. Um deles é a prática de uma atividade física regular e adequada ao seu estado de saúde.

Outra medida recomendada por especialistas inclui seguir uma dieta alimentar saudável e equilibrada. A partir deste cardápio adequado, a gestante deve evitar consumir alimentos processados, industrializados ou gordurosos – sempre uma ameaça potencial à saúde.

Dieta contra o colesterol alto na gravidez

A dieta para o controle do colesterol alto na gravidez deve ser rica em fibras, dando preferência ao consumo de frutas, legumes e cereais integrais, sempre que possível. Além disto, é importante ingerir alimentos que contenham vitamina C, como a goiaba, a acerola, o mamão, o pimentão, o morango, o brócolis, o kiwi, a laranja e a couve-flor. O controle dos níveis de colesterol também depende da ingestão de líquidos. É de extrema importância consumir muita água.

Sucos de uva e de cenoura são uma boa alternativa para ajudar a baixar e manter em níveis adequados o colesterol na mulher gestante. No entanto, estes líquidos devem ser preparados e consumidos na mesma hora, pois, caso contrário, podem perder todos os seus valores nutricionais.

Há, ainda, outros cuidados importantes, relacionados à alimentação e que podem colaborar no controle do colesterol alto na gravidez. Confira algumas dicas a seguir:

– Consuma mais hortaliças, frutas, pães, batatas, leguminosas, frutos secos e sementes; – Opte por carnes brancas e peixes;

– Evite o consumo de produtos refinados e processados, como doces e refrigerantes;

– Dê preferência para laticínios magros;

– Procure tomas mais sopa, de preferência com legumes;

– Faça uso de cozedura e da grelha para cozinhar; e

– Prefira o azeite como gordura habitual na sua alimentação;

 

https://www.youtube.com/watch?v=b8QHBEWbkGI

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!

 

Saiba mais:

Entendendo os exames laboratoriais: saiba o que é o colesterol total e quando ele é saudável

Gravidez e saúde: saiba mais sobre a contagem de plaquetas baixas na gravidez

Hipotireoidismo e gravidez: entenda qual a relação entre a doença e a dificuldade de engravidar

Prisão de ventre ou diarreia na gravidez: saiba como tratar estes problemas sem prejudicar o bebê

Tudo o que você precisa saber sobre o colesterol bom

Preservando a saúde: dicas para aumentar o colesterol bom e evitar problemas cardíacos

Pode comer à vontade! Entenda o que mudou na opinião dos profissionais sobre ovo e colesterol

 


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]