[the_ad_group id="16401"]
Guia dos Dentes

Retração gengival também afeta bocas saudáveis. Veja como tratar

Por Redação Doutíssima 28/07/2014

A retração gengival é um processo lento e gradual, que pode acontecer em qualquer idade, embora seja mais comum nos adultos. Essa condição possui diversas causas, como a escovação incorreta, com aplicação de força excessiva no ato de escovar, ou uso de instrumentos inadequados, como escova de dentes de cerdas duras.

Além disso, sabe-se que outras condições, como a má posição dentária ou o bruxismo, também são causas da retração gengival.

retração-gengival

Retração gengival pode atingir bocas saudáveis, sem qualquer causa aparente. Foto: Shutterstock

Mas você sabia que até mesmo quem tem uma boca saudável pode sofrer desse mal? Sim, embora sejam poucos os casos, há relatos de ocorrências de retração gengival sem qualquer causa aparente, e em bocas saudáveis. A prevenção envolve a adoção de bons hábitos de higiene bucal: escovação adequada dos dentes, uso do fio dental e visitas regulares ao dentista.

O que é a retração gengival?

Ela acontece quando há o deslocamento da gengiva e, com isso, uma exposição das raízes dos dentes. Essa condição pode afetar apenas um dente, ou então vários deles.

Em razão dessa exposição da raiz, desaparece sua camada de revestimento, e isso expõe outra parte do dente, a dentina, que é extremamente sensível. Pode ocasionar cáries, hipersensibilidade dental, e problemas estéticos.

Quais os sintomas?

A retraçãopode se manifestar por uma série de sintomas, como, por exemplo, os seguintes:

Exposição da raiz dos dentes;

Sangramento da gengiva no ato da escovação;

Mau hálito;

Sensação de que os dentes estão “frouxos”;

Dor nos dentes;

Sensibilidade excessiva como, por exemplo, ao usar talheres.

É importante procurar logo um odontologista quando aparecerem os sintomas da retração gengival. Quanto mais cedo essa condição for tratada, menores as chances de se submeter a um tratamento cirúrgico para corrigir o problema.

Quais as opções para tratar?

Existe uma série de tratamentos para a retração gengival e, normalmente, eles são indicados conforma a causa. Normalmente, o primeiro passo é tratar a hipersensibilidade dos dentes e, para isso, os profissionais costumam receitar bochechos com algumas soluções específicas, ou até mesmo a aplicação de flúor.

Causas da retração gengival

– Má escovação: nesses casos, o tratamento se dá na forma de reeducação do ato de escovar. O dentista poderá ensinar novas técnicas para limpeza, indicar uma nova pasta de dente ou até mesmo uma nova escova de dente, com cerdas mais macias.

– Saúde da gengiva: qualquer inflamação ou infecção na gengiva pode causar a retração, caso não seja tratada. Nesses casos, normalmente recorre-se a um tratamento não invasivo, como a eliminação do tártaro por um profissional e a limpeza da placa bacteriana. Caso a gengiva esteja bastante afetada, é possível fazer uma terapia regenerativa.

– Procedimentos odontológicos: alguns casos de retração gengival estão associados a implantes dentários, colocação de aparelho ou sessões de clareamento. Nesses casos, se há bastante inflamação da gengiva, é possível fazer sessões regenerativas para corrigir o problema.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]