Guia do Sexo Anal

Saiba o que fazer na primeira vez com sexo anal

Por Redação Doutíssima 05/11/2014

Se você nunca experimentou o sexo anal, provavelmente tem muitas dúvidas sobre o que fazer na primeira vez. Esse tipo de relação sexual tem fama de ser dolorosa para alguns e prazerosa para outros. A verdade é que a sensação que a pessoa sentirá ao ser penetrada no ânus vai depender da preparação. Siga na leitura e descubra o que fazer na primeira vez para aproveitá-la ao máximo.

o que fazer na primeira vez

Informar-se sobre a prática ajuda a ter um sexo mais relaxado. Foto: iStock, Getty Images

O que fazer na primeira vez

Diferente do sexo vaginal ou oral, o anal pode não ser uma boa ideia quando é feito no calor do momento, sem usar alguns itens que são necessários para a segurança do casal. Se você não sabe o que fazer na primeira vez, saiba, antes de tudo, que o prazer anal é real e, se você pretende experimentar essa prática apenas para satisfazer o seu parceiro, é melhor não ir adiante.

Isso porque estar envolvido e realmente querer as sensações trazidas pela penetração anal é fundamental para que tudo corra bem. É por isso que o sexo anal não é para todas as pessoas. Mas se você fizer pelos motivos certos, com certeza poderá curtir momentos inesquecíveis com seu parceiro. Veja alguma as dicas que podem te ajudar a descobrir o que fazer na primeira vez com sexo anal.

O que você vai precisar

É preciso ter alguns itens que vão ajudar na penetração. Primeiro, um bom lubrificante, já que o ânus não possui lubrificação natural como a vagina. Este é o segredo do sexo anal sem dor – lubrificar bem a região para evitar qualquer tipo de atrito, que é o que gera dor e até rupturas na pele do ânus.

Além disso, você vai precisar de preservativos. Se você quiser continuar a brincadeira com o sexo vaginal em seguida, tenha mais de um em mãos para substituir. O uso de camisinha é fundamental para evitar possíveis DSTs, já que o tecido do ânus pode ser facilmente rompido, e isso torna o risco de infecção ainda mais alto do que no sexo vaginal.

Por fim, jamais use o mesmo preservativo do sexo anal com o sexo vaginal, pois o ânus possui bactérias que podem ser prejudiciais para a vagina.

Como começar

Não adianta querer ir direto para ação. Antes de tudo, é preciso definir como o sexo anal vai funcionar. Quem deve controlar as ações e dizer quando é a hora de parar é o parceiro passivo. Se você ainda não sabe o que fazer na primeira vez, ou como começar, pense nas preliminares tradicionais.

Elas deverão durar até que ambos estejam realmente prontos para a penetração anal, já que para isso é preciso estar com o corpo relaxado para evitar qualquer tensão muscular. Então, é só usar muito lubrificante, tanto no pênis quanto no ânus, inserir apenas a cabeça e ir fazendo movimentos suaves, até o que músculo acostume com os movimentos.

Lembre-se que o sexo anal não tem nada a ver com o que você vê nos filmes pornográficos – ele é muito suave e lento, caso contrário poderia se transformar em uma experiência terrível.

E se doer?

Se respeitadas essas premissas explicadas acima, o sexo anal não deve doer. Mas se acontecer de você sentir alguma dor ou desconforto, é hora de parar. A dor pode ser sinal de alguma fratura no tecido do ânus, o que pode ser perigoso e desconfortável.

Se na primeira vez não deu certo e doeu, pare imediatamente e reveja o que faltou e o que pode ser melhorado para uma próxima vez. Lembre-se que o sexo é algo que você melhora com a prática e, em pouco tempo, você poderá ter orgasmos inesquecíveis com o sexo anal.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


Sites parceiros