Guia do Sexo Anal

Tipos de lubrificantes: descubra as diferenças e saiba como escolher

Por Redação Doutíssima 05/11/2014

A utilização de determinados tipos de lubrificantes é uma maneira fácil para maximizar o seu prazer durante o sexo vaginal e tornar o sexo anal mais seguro. Eles podem fazer a atividade sexual mais sensual e divertida, e também são usados para explorar o mundo dos brinquedos sexuais ou tentar adicionar um pouco de tempero à sua rotina de sexo.

Tipos de lubrificantes para sexo anal

Quando se trata de sexo anal, os lubrificantes são essenciais para tornar a experiência livre de qualquer dor ou desconforto e também evitar fissuras no ânus, que são a porta de entrada de muitas doenças e bactérias.

tipos de lubrificantes

Usar o lubrificante correto ajuda a ter um sexo mais prazeroso. Foto: iStock, Getty Images

Porém, é importante encontrar o produto mais adequado para você, já que alguns tipos de lubrificantes interferem em alguns preservativos e brinquedos sexuais. Quando você chega em uma farmácia ou sex shop, pode ser confuso escolher no meio de tantas marcas, mas felizmente todos os lubrificantes são agrupados em três categorias: à base de água, à base de silicone, e à base de óleo.

Qualquer tipo pode causar irritação, por isso, certifique-se de testá-lo em uma pequena parte da pele em primeiro lugar. Lave a área com sabão neutro se você desenvolver uma sensação de queimação ou irritação. Saiba mais, abaixo, sobre os principais tipos de lubrificantes para não ter erro na hora da escolha.

Lubrificantes à base de água

Esse tipo de lubrificante é o mais comum, usado para todos os fins e seguro para uso com brinquedos sexuais e contraceptivos de látex e diafragmas. Ele é fácil de limpar e é formulado para não irritar a pele, embora alguns produtos contenham glicerina, que pode causar infecções fúngicas.

O lado ruim é que o lubrificante à base de água pode secar mais facilmente do que outros tipos de lubrificantes, mas nada que a reaplicação do produto não possa resolver. Alguns deles podem ser comestíveis e com algumas funções extras, como esfriar, esquentar ou dessensibilizar a região genital.

Mas esses, com esse tipo de ação, não são os mais indicados no sexo anal. O efeito anestésico, por exemplo, mascara uma possível dor ou desconforto, o que você pode, num primeiro momento, achar bom, mas lembre-se que a dor é um aviso de que uma ruptura no tecido anal está prestes a acontecer.

 

Lubrificantes à base de silicone

Esse tipo de lubrificante dura mais tempo do que os à base de água. Eles não podem ser usados ​​com brinquedos sexuais de silicone porque podem deteriorar o acessório, mas é possível usá-los com os contraceptivos de látex e brinquedos sexuais de outro material.

Tenha em mente que algumas pessoas podem sofrer algum tipo de irritação na pele devido ao silicone, então, ele deve ser testado sempre antes de ser colocado na região genital. Além disso, os lubrificantes à base de silicone são mais difíceis de lavar, podem ficar na sua roupa de cama e são mais caros do que os à base de água.

Lubrificantes a base de óleo

Os lubrificantes à base de óleo mais comuns incluem a vaselina e o óleo de vitamina E. São ótimos para a masturbação, mas não são considerados seguros para uso com produtos de látex ou brinquedos de borracha, já que podem prejudicá-los.

Comparado aos demais tipos de lubrificantes, são mais atraentes para as pessoas em relacionamentos monogâmicos que não usam preservativos. São mais difíceis de lavar devido à sua textura oleosa, mas nada que um sabonete neutro e muita água não consigam dar conta. O grande benefício dos lubrificantes a base de óleo é que eles podem durar muito tempo.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


Sites parceiros