Guia do Sexo Anal

Dor anal: como prevenir o desconforto durante o sexo

Por Redação Doutíssima 06/11/2014

O medo de sentir dor anal durante a penetração por trás faz muitas mulheres desistirem ou sequer considerarem praticar sexo anal com seus parceiros. Mas é possível obter prazer e chegar ao orgasmo sem para isso sentir dor ou desconforto.

Para isso acontecer, a mulher deve estar certa de quer fazer sexo anal, confiar no parceiro, estar excitada e bem lubrificada. Também é importante que o casal consiga encontrar a posição em que ambos se sintam o mais confortável possível.

dor anal

Lubrificação e relaxamento eliminam a dor no sexo anal. Foto: iStock, Getty Images

Excitação diminui dor anal

Quando você e seu parceiro decidirem fazer sexo anal é importante que fique claro para ele que é você quem comanda a penetração. Se você disser que está com dor anal, ele deve parar, assim como se você pedir mais intensidade ele deve obedecê-la – mas sem exageros para não machucá-la.

A forma mais eficaz de evitar a dor na mulher é deixa-la totalmente excitada. Para isso, as preliminares são fundamentais. Provoque seu parceiro, faça com ele encha você de beijos e carícias. Além de estimular seu clitóris, ele também deve acariciar seu ânus, assim você também vai acostumando com a ideia de que haverá penetração ali.

Gel lubrificante contra a dor anal

Essas preliminares não terão, porém, o mesmo efeito do que no sexo vaginal, pois o ânus não produz lubrificação natural. A intenção é apenas deixar a mulher mais relaxada, para que a musculatura do ânus não fique tensa.

Mas a lubrificação na área também é fundamental e, para isso, o gel lubrificante é o melhor recurso. Esse produto ajuda a deixar molhada a região do ânus da mulher e também facilita a entrada do pênis, reduzindo consideravelmente a dor e o desconforto.

Há no mercado uma infinidade de produtos que prometem eliminar a dor anal, mas é preciso ter atenção na hora de compra um. Evite géis lubrificantes com anestésicos como, por exemplo, os à base de xilocaína e benzocaína, pois eles provocam dormência no local e, apesar de você não sentir dor, também não perceberá caso houver alguma lesão nas pregas anais.

Nunca use vaselina, shampoo, creme condicionador ou qualquer outro cosmético para a pele para lubrificar o ânus.

Posição ideal para evitar a dor

Encontrar aquele jeitinho no qual as mãos, boca e o pênis do seu amado dão o maior prazer, certamente, ajuda você a não ter dor anal durante a penetração. Comece com a clássica de “ladinho”, na qual vocês ficam deitados de lado na cama e ele fica com aos mãos livres para acariciar seus seios e clitóris – isso ajuda você a ficar excitada e facilita a penetração.

Quando você estiver bem excitada e já com lubrificante, peça para seu gato começar a penetração. Ele deve colocar a cabeça do pênis de maneira delicada e deixar um tempinho, assim você se acostuma e evita o primeiro momento da dor anal.

Passado esse primeiro estágios, vocês podem ir aumentando o ritmo. Se for a primeira vez de sexo anal, combine com ele para que seja você a controlar os movimentos de vai e vem, assim você se sente mais segura e evita qualquer lesão.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


Sites parceiros