Fertilidade

Você sabe como funciona o cálculo de fertilidade? Entenda

Por Redação Doutíssima 17/11/2014

O cálculo de fertilidade é a conta feita por mulheres que querem saber o período com maiores probabilidades de engravidar. Para descobrir quando estará mais fértil, é preciso prestar atenção a alguns detalhes do ciclo menstrual e, assim, elaborar uma contagem dos dias em que estará com mais chances de ficar grávida.

cálculo-de-fertilidade

Aprenda a calcular os dias mais prováveis para você engravidar. Foto: iStock, Getty Images

Como fazer o cálculo de fertilidade

O primeiro passo para realizar o cálculo de fertilidade é identificar o período fértil. Para isso, contam-se os dias do ciclo menstrual. Esse ciclo abrange desde o primeiro dia da menstruação até o dia anterior à próxima menstruação.

Por exemplo: você menstruou no dia 20 de um certo mês. No próximo mês, ficou menstruada no dia 16. Você calculará quantos dias dura seu ciclo menstrual contando desde o dia 20 até o dia 15 (anterior ao dia 16, que não estará no cálculo), ou seja, seu ciclo dura 25 dias.

Caso o ciclo varie a data de início ao longo dos meses, faça uma média para utilizar o período que teve mais recorrências.

Calculando o dia da ovulação

Depois de descobrir o período do ciclo menstrual, calcula-se o dia da ovulação. Essa parte do cálculo da fertilidade pode variar. Em geral, o dia em que a mulher ovula é o 14º antes da volta da menstruação. Porém, algumas mulheres ovulam entre o 12º e o 16º dia.

Para fazer o cálculo do dia fértil, subtrai-se 14 (a média geral) do total de dias do ciclo menstrual. Utilizando o exemplo de antes, seria uma conta de 25 – 14 = 11. Ou seja, o dia fértil de quem tem um ciclo menstrual de 25 dias é o 11º. Porém, devido a essa margem entre os dias 12 e 16 antes da menstruação, são válidas as tentativas dentro desse período.

O período fértil dentro do cálculo de fertilidade

É considerado o período fértil os 5 dias que antecedem a ovulação e o dia posterior que ela tenha ocorrido. O cálculo de fertilidade é importante porque o óvulo só pode ser fecundado durante 24 horas.

Os espermatozoides sobrevivem por cerca de 3 dias, ou seja, os 5 dias do período fértil são aqueles nos quais pode acontecer a fecundação. No entanto, existe a possibilidade de que a ovulação aconteça antes (no 12º dia), por isso, colocam-se 2 dias antes e 2 dias depois do período fértil para garantir a antecedência do período de fecundação do óvulo.

Por isso, consideram-se os dias férteis aqueles entre o 6º e o 14º dia do ciclo menstrual, seguindo o cálculo de fertilidade.

Cálculo de fertilidade pode não funcionar em ciclos irregulares

Para mulheres que têm um ciclo menstrual irregular, o cálculo de fertilidade pode ser ineficiente. Como a menstruação não chega sempre no mesmo período, as contas podem dar errado e não ser possível estabelecer uma média.

Quem não consegue fazer o cálculo tem a alternativa de comprar um teste de ovulação, que é vendido nas farmácias. Para aquelas que têm o ciclo menstrual regular, o cálculo funciona bem e a fertilidade acontece, em grande parte, dentro do período que resulta das contas.

 

 


Sites parceiros