Sexualidade

Descubra a casa de swing, ambiente ideal para troca de casais

Por Redação Doutíssima 26/11/2014

O swing nada mais é do que um sexo social, onde casais podem trocar de parceiro, ou ter sexo com vários parceiros, sem prejudicar o seu relacionamento. Muitos casais que estão com uma vida sexual em baixa e buscam uma casa de swing para apimentar a relação. Isso porque uma troca de parceiro pode ser, para algumas pessoas, um estímulo a mais na relação. Praticar isso de forma consensual afasta até mesmo o risco de traição do seu relacionamento.

casa-de-swing

A casa de swing não é uma orgia descontroladas – há regras a seguir. Foto: iStock, Getty Images

A casa de swing é um local muito discreto – dificilmente você reconheceria este lugar pela sua fachada. Se você e seu amor estão querendo ter uma nova experiência sexual, ele deve ser a solução, pois é o ambiente perfeito e propício para isso. Mas antes de ir fazer uma visita, conheça como funciona e quais são as regras de uma casa de swing.

Como funciona uma casa de swing

Para começar, embora a maioria dos estabelecimentos permitam mulheres sem um parceiro, isso não acontece com os homens. Há casas, no entanto, que produzem festas especiais que permitem a entrada de homens solteiros.

Geralmente, uma casa de swing tem dias específicos para o funcionamento. Em um primeiro momento, este tipo diferente de festa pode parecer comum, já que o sexo em si acontece em locais reservados. Por isso, se o casal tem apenas curiosidade sobre a prática, mas não tem coragem de experimentar, será bem-vindo para dar uma olhadinha.

Uma questão muito importante dentro de uma casa de swing é que ninguém é obrigado a nada. Você tem o direito de dizer não a qualquer investida a qualquer momento. Nestes locais, os casais se encontram, conversam, flertam e, se for de comum acordo, pode rolar alguma coisa mais quente. Ou seja, ao contrário do que o senso comum sugere, não é uma orgia descontrolada.

 

Regras de uma casa de swing

Como em qualquer lugar, uma casa de swing tem regras. A primeira é que você precisa ser maior de idade para poder entrar neste ambiente. Uma das mais importantes para um local para swing é a proibição do uso de qualquer tipo de equipamento de fotos ou vídeos, já que discrição é fundamental.

Em algumas casas é até permitido o uso de máscaras para quem não quer ser reconhecido – Acredite, você pode encontrar quem você menos imagina neste lugar. Mas existem regras de etiqueta, que garantem o bom funcionamento da festa e faz com que todo mundo consiga se divertir sem constrangimento e com muita segurança. Veja algumas delas:

 

Não toque sem permissão

Se você quer tocar em alguém, beijar e tudo mais, você precisa se apresentar e pedir permissão antes.

 

Não beber demais

A bebida pode até ajudar a entrar no clima mais rápido, mas é preciso saber o limite. Senão a festa pode terminar para você muito mais cedo.

 

Tenha cuidado com a sua higiene pessoal

Antes de sair de casa, tenha todos os cuidados de higiene possíveis. Além disso, em algumas casas de swing existem chuveiros e outros itens que podem te ajudar a deixar o seu corpo em dia.

 

Não usar os quartos reservados sem convite

Quando um ou mais casais estão em um ambiente reservado, só é possível participar da ação se você for convidado. Em alguns lugares é até possível olhar, mas, em regra, é preciso da aceitação do grupo para que algo a mais aconteça.

 

O que acontece na casa de swing, permanece ali

Nestes locais a privacidade é fundamental. Por isso, uma regra é que você não deve ficar falando o que viu por lá.

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


Sites parceiros