Clínica Geral

Veja quais são os principais sintomas de bruxismo

Por Redação Doutíssima 28/11/2014

Sentir dores de cabeça ou incômodo na mandíbula com frequência ao acordar pode sinalizar que você está com sintomas de bruxismo. Também conhecido como briquismo, o bruxismo é o ato de ranger ou apertar os dentes durante o período de sono ou, em alguns casos, uma pressão excessiva enquanto a pessoa está acordada.

sintomas-de-bruxismo

Problema durante o sono provoca dores e estraga os dentes. Foto: iStock, Getty Images

Apesar de característico, o ato raramente é identificado por quem sofre do problema, sendo que esta desordem funcional pode acometer crianças, adolescentes, adultos e velhos. Por isto é importante reconhecer os sintomas de bruxismo para, caso seja identificado, buscar ajuda médica para tratar o problema.

Sintomas de bruxismo com fatores psicológicos

Segundo especialistas, as causas do ato inconsciente de ranger os dentes normalmente estão relacionadas a fatores psicológicos como tensão, raiva, agressão reprimida, ansiedade, medo e estresse.

O bruxismo também pode estar relacionado a dentes ausentes ou mal posicionados, próteses inadequadas e uma mordida aberta ou então a alterações respiratórias e neuromusculares.

No entanto, na infância o bruxismo é mais comum em decorrência da troca de dentes. O problema pode surgir na fase intermediária da troca dental das crianças, que ainda apresentam dentes de leite, mas já possuem alguns dentes permanentes.

Neste caso, o bruxismo ocorre porque o crescimento ósseo e muscular ainda está sendo estabelecido.

Dentre os sintomas de bruxismo, o mais comum é a dor de cabeça frequente. Isto porque a cefaleia acaba sendo desencadeada devido à contração excessiva dos músculos da mastigação, que também atingem outros músculos da face, além de pescoço, ouvido e ombros.

No entanto, outros sintomas podem ajudar a identificar o problema, como dores ao morder, bocejar ou abrir a boca, e estalo e rangido na hora de unir os dentes superiores e inferiores.

Outros sintomas de bruxismo

As pessoas que sofrem dessa desordem funcional também costumam apresentar desgaste dental, amolecimento de dentes, destruição do osso circunvizinho e do tecido da gengiva. Isto porque, além de cerrar os dentes, o bruxismo pode provocar a quebra de fragmentos ósseos, dependendo da intensidade.

Além disto, os sintomas de bruxismo ainda se caracterizam pela sensação de mordida desalinhada, torta ou cruzada, destruição e sangramento do tecido da gengiva, fadiga facial geral e quadros de ansiedade, estresse, transtornos alimentares e, em alguns casos, depressão, alterações do sono.

Independente da causa do bruxismo, o reestabelecimento da harmonia da mordida reduz a intensidade da dor e diminui o hábito de ranger os dentes.

Fazer uso de uma placa de mordida ou placa miorrelaxante é uma maneira de proporcionar um espaçamento forçado entre a maxila e a mandíbula, que irá gerar um relaxamento da musculatura e aliviar a dor.

Geralmente estas placas são confeccionadas em resina acrílica que ajudam a preservar os dentes, evitando o seu desgaste. Quando se trata de crianças, a proteção para os dentes é feita de silicone.

Usadas geralmente durante a noite, a placa nem sempre é necessária. O tratamento deve ser feito de acordo com a intensidade de dor apontada pelo paciente. Dependendo da intensidade dos sintomas de bruxismo o uso de bolsas de água quente na região maxilar e massagens para aliviar a dor são suficientes para amenizar o problema.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


Sites parceiros