[the_ad_group id="16403"]
Nutrição

Frutas cítricas são fonte de vitamina C para o organismo

Por Redação Doutíssima 11/12/2014

A vitamina C ou ácido ascórbico como é chamada, é um nutriente essencial ao bom funcionamento metabólico e as frutas cítricas são excelentes fontes da substância. Além de serem itens bastante acessíveis economicamente, são encontradas em abundância no Brasil já que são produções típicas de países de clima tropical e sub-tropical.

 

As frutas cítricas mais comumente consumidas no país e no mundo são a laranja, o limão, a tangerina, a lima, o pomelo, o morango,o kiwi, o abacaxi, a acerola e o caju.

 

frutas-citricas

Excelentes fontes da substância, elas são acessíveis em nosso País. Foto: iStock, Getty Images

 

Frutas cítricas recomendadas por médicos

 

O fortalecimento do sistema imunológico é um dos principais benefícios do consumo de frutas cítricas. É por isso que elas são altamente recomendadas pelos médicos no combate a gripes e resfriados.

 

Também são ótimos recursos naturais na batalha contra infecções. O consumo abundante de frutas cítricas é igualmente recomendado no combate a doenças como o escorbuto (carência grave de vitamina C), e na luta contra a anemia, pois melhora a absorção de ferro no organismo.

 

Do mesmo modo, contribuem à formação de colágeno, proteína que proporciona firmeza e elasticidade à derme, melhorando o aspecto da pele em geral. Possuem, ainda, ação de clareadora em eventuais manchas na pele.

 

Calibrados em antioxidantes, substâncias que combatem a ação dos radicais livres responsáveis pelo envelhecimento das células, as frutas cítricas ajudam a retardar os efeitos do tempo sob o corpo. Outra vantagem, é que aprimoram a viscosidade do sangue e, por conterem também flavonóides, ajudam na diminuição dos lipídios (gorduras).

 

Portanto, tratam-se de grandes aliados da dieta, apresentando, ainda, poucas calorias. Os alimentos ricos em vitamina C são fartos em fibras, o que significa benefícios ao intestino e à diminuição dos episódios de prisão de ventre. Por serem compostos predominantemente de água, são recursos que contribuem à hidratação do metabolismo.

 

Frutas cítricas reduzem chance de AVC

 

Investigação conduzida pelo Departamento de Nutrição da Universidade da Inglaterra já demonstrou, inclusive, que o uso de frutas cítricas pode colaborar na redução do risco de AVC (Acidente Vascular Cerebral).

 

Conforme os estudiosos envolvidos na pesquisa, pessoas que consomem regularmente essas fontes de vitamina C estão menos expostas a isquemias (quando coágulos bloqueiam o fluxo sanguíneo) e a outros fatores relacionados à ocorrência de AVC, tudo por conta da ação dos flavanones dos cítricos, elementos capazes de equilibrar a pressão do sangue.

 

De acordo com os achados do estudo, indivíduos cuja ingestão de cítricos, era constante, apresentaram um risco 19% menor de ter coágulo sanguíneo e 10% mais baixo de sofrer acidente vascular cerebral.

 

Para o coração, também já há aproximações acadêmicas sugerindo benefícios. Por concentrar níveis de ácido fólico, acredita-se que os citrus tenham ação importante na diminuição da homocisteína, substância que, quando elevada, amplia as chances de infarto.

 

A necessidade diária de vitamina C de um adulto saudável é de 60 miligramas, o que equivale a um copo de suco de laranja natural por dia. Entre mulheres grávidas, a necessidade do nutriente se amplia para 85 miligramas.

 

Já as lactantes precisam de 120 miligramas. Em ambos os casos, duas porções de 100 gramas de kiwi ou morango, por exemplo, atendem a essas exigências diárias.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]