[the_ad_group id="16401"]
Clínica Geral

Dicionário de Libras: entenda a importância dos sinais na vida das pessoas

Por Redação Doutíssima 19/02/2015

A busca pela inclusão de surdos e mudos, que têm data comemorativa no próximo dia 23 de fevereiro, é um dos grandes desafios dos governos e sociedade. Dicionário de Libras (Linguagem Brasileira de Sinais) ajuda, à sua maneira, nesta busca.

 

dicionario de Libras

Aprender Libras é tão complexo quanto aprender outro idioma, como o Inglês. Foto: iStock, Getty Images

 

opções online e físicas de dicionário de Libras de diversas editoras e institutos. Entretanto, ainda são pouco conhecidas da população ouvinte, que só passa a ter interesse em aprender Libras quando algum parente ou amigo tem a deficiência.

 

Dicionário de Libras não faz distinção de gênero

 

A Libras não é uma medida paliativa com o propósito de oferecer recursos para surdos e mudos se comunicarem. Pelo contrário, é uma linguagem completa com estruturas sintáticas, morfológicas e semânticas.

Exige processo de aprendizagem tão complexo quanto o Inglês ou o Francês, por exemplo. O que a difere das demais é que ela não é uma linguagem oral-auditiva, mas sim por sinais.

Por isso, o dicionário de Libras cumpre papel importante no aprendizado desta linguagem, pois considera as peculiaridades desta linguagem.  Entre as diferenças, a Libras não faz distinção de gêneros, ou seja, não existe masculino e feminino ou plural. Sinais diferenciados são usados para dizer que é homem ou mulher, um ou mais de dois.

Dicionário de Libras online, interativo e gratuito

 

Há diversas opções de dicionário de Libras, principalmente, na Internet. Sites inteiros dedicados a ensinar a linguagem dos sinais para ouvintes que dominam a língua escrita e também para surdos e mudos que têm na Libras a sua forma mais efetiva de comunicação.

O mais legal é que a maioria é gratuito. Veja dois exemplos bem legais:

 

1. Dicionário interativo

O site www.dicionariolibras.com.br é bem interessante. A página conta com dicionário e vários jogos interativos para o internauta praticar as sentenças.

A parte do dicionário é divida por temas, e não por ordem alfabética. Por exemplo: dentro do tema datas comemorativas, a pessoa encontra palavras que correspondem a tudo que é tipo de data.

 

2. Busca completa

O site da ONG Acessibilidade Brasil (www.acessibilidadebrasil.org.br/libras) traz um dicionário bem completo. A pessoa pode escolher entre buscar por palavra, assunto ou posição das mãos – esta parte é um pouco mais complicada.

O resultado traz o significado, a classe gramatical, exemplos de uso e ainda um vídeo que mostra como é feito o sinal em Libras.

 

Primeiro dicionário e livros infantis

 

Mesmo que o reconhecimento oficial da Libras como língua oficial no Brasil tenha ocorrido somente em 2002, com a Lei 10.436 , esta linguagem já era usada desde o século XIX.

A primeira escola para surdos no país, o então Instituto dos Surdos-Mudos, hoje intitulado Instituto Nacional da Educação de Surdos (INES), ensinava uma mistura de sinais brasileiros com língua de sinais francesa, já bem desenvolvida.

O primeiro dicionário de Libras com a linguagem totalmente brasileira foi lançado em 1875, por Flausino José da Gama, ex-aluno do Instituto.

 

Os livros “Cinderela Surda” e “Rapunzel Surda foram as primeira obras escritas em língua de sinais no Brasil. As duas obras trazem, além dos sinais, ilustrações e uma versão em português.

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]