[the_ad_group id="16401"]
Dica do Nutricionista

Aprenda a diferença entre diet e light

Por Redação Doutíssima 03/03/2015

Quantas vezes você já parou no corredor de um supermercado, com dois produtos nas mãos tentando entender a diferença entre diet e light. E quantas vezes esta dúvida ficou martelando na sua cabeça por muito tempo, sem ter uma resposta adequada? Afinal, temos três opções: o tradicional, o diet e o light. E agora?

diferenca-entre-diet-e-light

O melhor, mesmo, é comparar os rótulos antes de comprar. Foto: iStock, Getty Images

Os alimentos light e diet entram nessa gama de produtos oferecidos aos que precisam restringir sua alimentação, seja para perder peso, seja por alguma patologia ou intolerância do organismo. Para saber a diferença entre diet e light preparamos este artigo. E vamos começar com a utilização de duas palavrinhas-chave: a ausência e a redução.

 

Diferença entre diet e light: ausência e redução

 

A ausência total de um dos componentes da fórmula original. Isso ocorre na receita diet. Em geral, é um alimento recomendado a um público específico, com restrições mais sérias, como os diabéticos, por exemplo, que não podem consumir açúcar.

Ao comprar um alimento diet, você pode ter certeza de que ele não possui açúcar em sua fórmula. Já o alimento light trabalha com a redução de um dos componentes em pelo menos 25%.

 

O objetivo da compra

 

Saber a diferença entre diet e light pode ser fundamental se considerarmos o objetivo da compra. Se o consumidor daquele alimento é portador de diabetes, precisa, necessariamente, comprar o produto diet, que é aquele que elimina da formula, completamente, o açúcar.

 

Por outro lado, se o objetivo é emagrecer, eu vou adquirir o produto light. É importante lembrar que o alimento diet não tem, necessariamente, menos calorias do que o tradicional. Um exemplo disso são os chocolates e sorvetes diet, que são mais calóricos do que as versões tradicionais, uma vez que, para manter sabor e maciez ao produto, é adicionada gordura a ele.

 

Diferença entre diet e light parece ser simples

 

Por definição, a diferença entre diet e light parece ser simples. Entretanto, quando vamos comprar refrigerante e damos de cara com o diet, o light e o zero, a coisa parece complicar. E todos poderiam ser classificados como diet porque não levam açúcar. É só uma questão de marketing.

 

Já o iogurte light muitas vezes vem com adoçante, portanto é sem açúcar e poderia ser classificado como diet, mas é light por ter redução de gordura. Aí é que a diferença entre diet e light exige um pouco mais paciência para ler as pequenas letras das fórmulas.

 

Então, se você é diabético precisa se certificar de que o produto não leva açúcar. Já se você quer emagrecer, precisa ter em mente de que não adianta comer o alimento light em dobro, porque se ele tem apenas uma redução de componente, se você come dobrado, vai chegar ao nível do alimento original.

 

E lembre-se, enquanto o diet é isento de algum nutriente, o light tem diminuição mínima de 25% de nutrientes ou calorias. Desta forma o light não é indicado para pessoas com patologias como colesterol alto, diabetes ou hipertensão.

 

Resumindo, o melhor mesmo é comparar os rótulos na hora da compra, e ver se o que você está levando para casa tem ou não no seu conteúdo, o componente que você não pode consumir.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]